Sabesp anuncia obras no valor de R$ 450 milhões em Praia Grande

Entre as ações estão o prolongamento dos dois emissários submarinos nos bairros Canto do Forte e Tupi. Além disso haverá a implantação de duas Estações de Pré-Condicionamento (EPC) nesses locais


Praia Grande passou a receber obras da Sabesp. Os serviços possuem investimentos de R$ 450 milhões, que segundo a Prefeitura, terão impacto na balneabilidade das praias e na qualidade de vida da população.

Entre as ações realizadas estão o prolongamento dos dois emissários submarinos existentes, sendo um no bairro Canto do Forte e outro no Tupi. Além disso haverá a implantação de duas Estações de Pré-Condicionamento (EPC) nesses locais.

Os trabalhos em desenvolvimento no Município fazem parte da nova fase do Programa Onda Limpa. A iniciativa da Sabesp é considerada como o mais importante projeto de recuperação ambiental da América do Sul, por meio da implantação e ampliação do sistema de coleta e tratamento de esgoto.

Para debater e detalhar as questões uma reunião foi realizada na terça-feira, dia 12, no Paço Municipal. Durante o encontro foi divulgado que os serviços de prolongamento dos emissários submarinos terão duração de três anos. De acordo com o superintendente regional da Sabesp, José Luiz Lorenzi, a obra é de alto impacto. “Sua execução é de grande complexidade, já que envolve serviços na parte de mar e terrestre”, comentou.

Atualmente ambos os emissários contam com 3,3 km e saltarão para 4 km de extensão cada. Na prática, quando esses equipamentos estiverem funcionando, o efluente final, produto depois do tratamento do esgoto, será despejado mar adentro e trará uma sensível melhoria na balneabilidade das praias. “O entorno desses espaços também terá urbanização diferenciada”, adiantou Lorenzi.

A obra é apontada como um desafio para os representantes da Sabesp. Entre as etapas a que chama mais a atenção é o afundamento dos tubos no mar. A ação ainda não tem data prevista para começar, mais envolverá diversos profissionais e equipamentos.

Além dos emissários, o Município também contará com outro equipamento do tipo localizado no Caiçara. Entregue em 2010, a obra fez parte da primeira etapa do Programa Onda Limpa e beneficia também outros bairros, como o Mirim, Maracanã, Flórida, Real e Solemar.

BAIRROS - Os diretores da Sabesp também informaram na reunião que o bairro Princesa será foco de ações relevantes no sistema. O início dos trabalhos acontece em maio. Entre os serviços, será executada a rede coletora de esgoto desta região.

Já pelo Boqueirão a empresa dará continuidade nos trabalhos da substituição da rede coletora de esgoto até o Canto do Forte. Em virtude de ter sido executada com material de fibrocimento, que deteriora com o tempo, têm sido registrados constantes desníveis nas ruas. Desta forma, a solução definitiva só é possível com a substituição total da rede, assim como já foi feito nas vias revitalizadas do Centro Expandido Boqueirão, na fase um.

O prefeito Alberto Mourão garantiu que com isso os problemas atuais serão resolvidos. “Nesta fase, os trabalhos serão da avenida Paris até o Canto do Forte e da praia até a avenida Marechal Mallet. Na sequência, a Prefeitura efetuará os demais serviços, como a pavimentação. Assim será resolvido um problema crônico de buracos. Vamos melhorar assim o trânsito de veículos e pedestres”, afirmou.

18/03/2019
Foto: Divulgação/PMPG

 

 

Ecovias

ecovias