Gazeta do Litoral


Oi Rio Pro 2019 completa 30 anos de história do Mundial de Surfe no Rio de Janeiro

A capital carioca sediou etapas desde o primeiro circuito em 1976 no Arpoador e depois na Barra da Tijuca, para onde retornou após 8 anos em Santa Catarina e onde a Oi estreou como patrocinador "naming rights" em 2015, até mudar para Saquarema em 2017

A quinta edição do Oi Rio Pro, que começa nesta quinta-feira com prazo até 28 de junho para definir os campeões nas ondas da Praia de Itaúna ou da Barrinha em Saquarema, vai completar 30 anos de história da etapa brasileira do World Surf League Championship Tour no estado do Rio de Janeiro. A capital carioca fez parte do calendário desde o primeiro Circuito Mundial em 1976, com os pioneiros eventos na Praia do Arpoador, mas a maioria aconteceu na Barra da Tijuca, até mudar para a “Cidade do Surf” da Região dos Lagos do Rio de Janeiro, onde os brasileiros estão invictos com os títulos de Adriano de Souza em 2017 e Filipe Toledo em 2018.
As previsões das ondas são positivas para que os melhores surfistas do mundo comecem a se apresentar logo no primeiro dia do Oi Rio Pro, mas as atividades na arena do evento já serão iniciadas na quarta-feira. A principal delas é a Coletiva de Imprensa, às 14h00 na WSL House, ou a Casa da WSL, na Av. Oceânica, 1500, na Praia de Itaúna, com grandes estrelas do World Surf League Championship Tour, como os vencedores das quatro edições desde a estreia da Oi como patrocinador “naming rights” da etapa brasileira no Rio de Janeiro.
Filipe Toledo conseguiu um inédito bicampeonato no Oi Rio Pro com a vitória no ano passado. Ele tinha vencido o primeiro em 2015, diante de uma multidão impressionante que lotou a Barra da Tijuca. O havaiano John John Florence, líder do ranking 2019, ganhou a última na capital carioca em 2016 e Adriano de Souza a primeira em Saquarema em 2017. O bicampeão mundial Gabriel Medina reforça o time masculino na Coletiva de Imprensa e as meninas são a atual campeã mundial e do Oi Rio Pro, Stephanie Gilmore, e as brasileiras da elite mundial, Silvana Lima e Tatiana Weston-Webb.

TRIAGEM – A Coletiva de Imprensa será as 14h00, mas as atividades da quarta-feira começam mais cedo em Saquarema. A triagem para definir os dois últimos participantes que completarão as baterias dos líderes do ranking 2019, John John Florence e Stephanie Gilmore, será disputada entre 9h00 e 11h00, em frente a arena principal do evento na Praia de Itaúna, ou na alternativa na Barrinha, caso as ondas estejam melhores no dia.
A triagem é organizada pela Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) e os participantes foram indicados por critérios técnicos de posicionamentos no ranking mundial do WSL Qualifying Series, nos brasileiros da CBS e ABRASP e no estadual da FESERJ. Entre eles, o atual campeão sul-americano da WSL South America, Wesley Santos, e o campeão estadual também de 2018, João Chianca, que vai representar Saquarema junto com os dois classificados pela triagem da Associação de Surf de Saquarema, Daniel Templar e Léo Neves.
Os outros competidores serão o carioca Jeronimo Vargas, o paulista Alex Ribeiro, o capixaba Krystian Kymerson e o baiano Bino Lopes. Os oito serão divididos em duas baterias por sorteio “cara ou coroa”. Os dois primeiros colocados em cada, disputarão a vaga para o Oi Rio Pro, que já garante um prêmio mínimo de 10.000 dólares pela participação no evento principal. Na categoria feminina, são cinco concorrentes se enfrentando numa bateria única e a vencedora fica com a vaga, Tainá Hinckel (SC), Camila Cássia (SP), Larissa dos Santos (CE), Yanca Costa (CE) e a saquaremense Taís de Almeida (RJ).

RISING TIDES – WSL GIRLS PROGRAM – Também na manhã da quarta-feira, entre 11h00 e 12h30, em frente à WSL House, a Casa da WSL na Av. Oceânica, 1500, Praia de Itaúna, em Saquarema, será realizada uma programação especial da World Surf League para jovens meninas surfistas com idade entre 8 e 16 anos, que vem acontecendo em todas as etapas do Championship Tour, o Rising Tides – WSL Girls Program. Elas terão a oportunidade de pegar ondas e aprender com grandes estrelas da elite mundial feminina numa session especial.

INÍCIO DO OI RIO PRO – Depois desta atividade das meninas, tem a Coletiva de Imprensa também na WSL House às 14h00. Esta será a última oportunidade para os surfistas atenderem aos jornalistas mais relaxados, pois na quinta-feira o Oi Rio Pro pode começar em altas ondas, se forem confirmadas as previsões indicadas neste início de semana. Serão quatorze brasileiros disputando o título masculino com 22 surfistas de outros países e três meninas entre as dezoito concorrentes ao título feminino.
Em todos os dias, a comissão técnica da World Surf League se reúne nas primeiras horas das manhãs, para analisar as condições do mar e definir a programação, se haverá competição ou não, em que praia, Itaúna ou Barrinha, além de qual categoria vai abrir o dia e o horário da primeira bateria. Se decidirem iniciar pelos homens, vai ter brasileiro disputando duas vagas para a terceira fase nos oito primeiros confrontos do Oi Rio Pro.
O primeiro será em dose dupla, com o paranaense Peterson Crisanto e o potiguar Jadson André enfrentando o japonês Kanoa Igarashi. O bicampeão mundial Gabriel Medina já entra na segunda e na terceira Adriano de Souza volta a competir depois de 7 meses da contusão sofrida no ano passado. Na quarta, Filipe Toledo começa a defender o título do Oi Rio Pro, antes da bateria 100% verde-amarela da primeira fase, do único brasileiro com chance na briga pela liderança do ranking em Saquarema, Italo Ferreira, com Deivid Silva e Mateus Herdy.
Se os comissários da WSL escolherem começar o Oi Rio Pro pelas meninas, as primeiras a entrar no mar em Saquarema, serão a americana Caroline Marks e as australianas Nikki Van Dijk e Macy Callaghan. A primeira brasileira se apresentará na terceira bateria e será a vencedora da triagem, que já vai encarar a heptacampeã mundial Stephanie Gilmore e a havaiana Coco Ho. As duas brasileiras da elite, a gaúcha Tatiana Weston-Webb e a cearense Silvana Lima, foram escaladas juntas na quinta bateria com a australiana Sally Fitzgibbons.
Esta rodada de apresentação dos melhores surfistas do mundo não é eliminatória. Os dois e as duas que ficarem em primeiro e segundo lugares nas baterias, avançam direto para a terceira fase, que na competição feminina já são oitavas de final. Já os últimos colocados terão uma segunda chance de avançar nos confrontos também com três competidores da primeira fase eliminatória desta semana de show de surfe garantido em Saquarema.
O Oi Rio Pro 2019 será realizado com os patrocínios da Oi como “naming rights” da etapa brasileira do World Surf League Championship Tour e da Corona, Jeep, Harley Davidson, Polo Blue, Red Bull, Subway, Havaianas e apoio da Prefeitura Municipal de Saquarema e do Governo do Estado do Rio de Janeiro pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude (SEELJE), através da Lei de Incentivo à Cultura e ao Esporte. O evento da World Surf League também conta com o apoio institucional da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ), Associação de Surf de Saquarema (ASS) e será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com

A OI E O ESPORTE - A Oi acredita no potencial de transformação do esporte e patrocina grandes eventos esportivos como o Oi Rio Pro, Oi Pro Júnior – voltado para a categoria de base do surfe – e Oi STU Open. Além de apoiar atletas de diferentes modalidades, como os surfistas Gabriel Medina, Italo Ferreira, Filipe Toledo, Silvana Lima, Adriano de Souza, Tatiana Weston-Webb, Davizinho e Tainá Hinckel, e os skatistas Pedro Barros e Leticia Bufoni, a companhia acelera, em parceria com o Instituto Ekloos e apoio do Oi Futuro, cinco projetos de surfe na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, que são voltados para a população local. A Oi também patrocina a equipe de judô Oi Sogipa, no Rio Grande do Sul.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE - A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.
A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.
Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensen, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.
Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.
-----------------------------------------------------------
PRIMEIRA FASE DO OI RIO PRO – 1.o e 2.o=Terceira Fase e 3.o=Segunda Fase:
1.a: Kanoa Igarashi (JPN), Peterson Crisanto (BRA), Jadson André (BRA)
2.a: Gabriel Medina (BRA), Adrian Buchan (AUS), Soli Bailey (AUS)
3.a: Kolohe Andino (EUA), Yago Dora (BRA), Adriano de Souza (BRA)
4.a: Filipe Toledo (BRA), Sebastian Zietz (HAV), Frederico Morais (PRT)
5.a: Italo Ferreira (BRA), Deivid Silva (BRA), Mateus Herdy (BRA)
6.a: John John Florence (HAV), Caio Ibelli (BRA),
7.a: Jordy Smith (AFR), Willian Cardoso (BRA), Ricardo Christie (NZL)
8.a: Julian Wilson (AUS), Michael Rodrigues (BRA), Ezekiel Lau (HAV)
9.a: Conner Coffin (EUA), Kelly Slater (EUA), Griffin Colapinto (EUA)
10: Owen Wright (AUS), Seth Moniz (HAV), Jack Freestone (AUS)
11: Ryan Callinan (AUS), Wade Carmichael (AUS), Jessé Mendes (BRA)
12: Jeremy Flores (FRA), Michel Bourez (TAH), Joan Duru (FRA)

PRIMEIRA FASE FEMININA – 1.a e 2.a=Oitavas de Final e 3.a=Segunda Fase:
1.a: Caroline Marks (EUA), Nikki Van Dijk (AUS), Macy Callaghan (AUS)
2.a: Carissa Moore (HAV), Johanne Defay (FRA), Keely Andrew (AUS)
3.a: Stephanie Gilmore (AUS), Coco Ho (HAV),
4.a: Lakey Peterson (EUA), Brisa Hennessy (CRI), Paige Hareb (NZL)
5.a: Sally Fitzgibbons (AUS), Tatiana Weston-Webb (BRA), Silvana Lima (BRA)
6.a: Courtney Conlogue (EUA), Malia Manuel (HAV), Bronte Macaulay (AUS)

CAMPEÕES DA ETAPA BRASILEIRA NO RIO DE JANEIRO:
Oi Rio Pro 2018 – Filipe Toledo (BRA) - Praia de Itaúna e Barrinha, Saquarema (RJ)
Oi Rio Pro 2017 - Adriano de Souza (BRA) - Praia de Itaúna, Saquarema (RJ)
Oi Rio Pro 2016 - John John Florence (HAV) - Postinho da Barra e Grumari, Rio de Janeiro
Oi Rio Pro 2015 - Filipe Toledo (BRA) - Postinho da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2014 - Michel Bourez (TAH) - Postinho da Barra da Tijuca - Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2013 - Jordy Smith (AFR) - Postinho da Barra da Tijuca - Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2012 - John John Florence (HAV) - Postinho da Barra e Arpoador - Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2011 - Adriano de Souza (BRA) - Barra da Tijuca e Arpoador - Rio de Janeiro (RJ)

-------mudou para Santa Catarina de 2003 a 2010
WCT 2002 - Taj Burrow (AUS) - Praia de Itaúna, Saquarema (RJ)
WCT 2001 - Trent Munro (AUS) - Móvel no Rio de Janeiro e finais no Arpoador (RJ)
WCT 2000 - Kalani Robb (HAV) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1999 - Taj Burrow (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1998 - Peterson Rosa (BRA) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1997 - Kelly Slater (EUA) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1996 - Taylor Knox (EUA) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1995 - Barton Lynch (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1994 - Shane Powell (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1993 - Dave Macaulay (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1992 - Damien Hardman (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
ASP 1991 - Flávio Padaratz (BRA) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
ASP 1990 - Brad Gerlach (EUA) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
ASP 1989 - Dave Macaulay (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
ASP 1988 - Dave Macaulay (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
IPS 1982 - Terry Richardson (AUS) - Praia do Arpoador, Rio de Janeiro (RJ)
IPS 1981 - Cheyne Horan (AUS) - Arpoador e Prainha, Rio de Janeiro (RJ)
IPS 1980 - Joey Buran (EUA) - Praia do Arpoador, Rio de Janeiro (RJ)
IPS 1978 - Cheyne Horan (AUS) - Praia do Arpoador, Rio de Janeiro (RJ)
IPS 1977 - Daniel Friedman (BRA) - Praia do Arpoador, Rio de Janeiro (RJ)
IPS 1976 - Pepê Lopes (BRA) - Praia do Arpoador, Rio de Janeiro (RJ)

CAMPEÃS DAS ETAPAS FEMININAS DO MUNDIAL DE SURF NO RIO DE JANEIRO:
Oi Rio Pro 2018 - Stephanie Gilmore (AUS) - Praia de Itaúna, Saquarema (RJ)
Oi Rio Pro 2017 - Tyler Wright (AUS) - Praia de Itaúna, Saquarema (RJ)
Oi Rio Pro 2016 - Tyler Wright (AUS) - Postinho da Barra da Tijuca e Grumari, Rio de Janeiro
Oi Rio Pro 2015 - Courtney Conlogue (EUA) - Postinho da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2014 - Sally Fitzgibbons (AUS) - Postinho da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2013 - Tyler Wright (AUS) - Postinho da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2012 - Sally Fitzgibbons (AUS) - Postinho da Barra e Arpoador, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2011 - Carissa Moore (HAV) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 2008 - Melanie Bartels (HAV) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1999 - Andréa Lopes (BRA) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1998 - Pauline Menzer (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1997 - Pauline Menczer (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1994 - Pauline Menczer (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1993 - Neridah Falconer (AUS) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
WCT 1992 - Wendy Botha (AFR) - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ)
IPS 1977 - Margo Oberg (AUS) - Praia de Ipanema, Rio de Janeiro (RJ)

 
‘Remada de Verão’ oferece aulas de stand up e canoagem em Santos

Atividades acontecem de 11 de janeiro e 1º de fevereiro, sempre no período da manhã na Ponta da Praia

Leia mais...
 
Passeio Ciclístico ainda está com inscrições abertas em PG

Inscrições encerram no dia 11 de janeiro ou até que o limite de vagas seja preenchido

Quem gosta de andar de bicicleta e praticar de atividades físicas na companhia de amigos e familiares essa é a oportunidade certa. Isso porque a quarta edição do Passeio Ciclístico de Praia Grande está com as inscrições abertas.

O evento acontece no dia 20 de janeiro, dentro da programação do aniversário da Cidade, e o diferencial deste ano será o local e o percurso. A largada e chegada dos participantes, que antes eram no bairro Boqueirão, agora será na praça Jornalista Geraldo Ferraz, no Caiçara, com concentração às 8h e o evento com previsão de ocorrer das 9h às 12h.

Após a largada todos seguirão pela rua Doutor Samuel Augusto Leão de Moura, entrando na avenida Castelo Branco (avenida da praia) até o Mirim. Assim que chegar ao bairro vizinho, todos passarão pelas ruas Rosa Marli de Souza, Alberto Figueiredo e Gilberto Fouad Beck, retornando por uma parte da avenida Presidente Kennedy, indo novamente para a Gilberto Fouad Beck, avenida Castelo Branco até chegar a praça. Ao todo serão 9 km de trajeto.

Os interessados podem se inscrever pelo site https://www.sympla.com.br/4-passeio-ciclistico-de-praia-grande__400957, que encerram no dia 11 janeiro ou até que todas as vagas sejam preenchidas. No ato da inscrição será cobrado o valor de R$ 27,00 pelo kit que contém camiseta, sacola e squeeze.

Crianças menores de 12 anos podem fazer a inscrição acompanhadas de um responsável pagante e podem receber uma camiseta infantil do evento. A inscrição da criança será válida mediante apresentação do comprovante de inscrição do responsável pagante e da doação de uma lata de leite em pó (400g), que deverão ser entregues no ato da retirada do kit.

Segundo a organização, a data e local da retirada dos kits serão informadas em breve.

Além do passeio, o evento promoverá uma manhã de lazer com apresentações no palco que será montado, bandas, alongamento, dança e distribuição de frutas na chegada. As ações são de caráter esportivo e acontecem também em comemoração ao aniversário de 52 anos de emancipação político-administrativa da Cidade e tem como objetivo incentivar e fomentar o uso de bicicletas como atividade físico-esportiva, além de trabalhar a questão da saúde como condicionamento físico e mental, também promove um ambiente mais equilibrado por ser um transporte não poluente.


CAMINHADA – Além do passeio em comemoração ao aniversário, comemorado dia 19 de janeiro, na própria data acontece a segunda Caminhada dos Emancipadores.

As inscrições já foram encerradas e a expectativa é de que participem 5.000 pessoas. O percurso terá aproximadamente 3 km, com concentração programada para às 8h e a largada às 8h30, na praça dos Emancipadores, que fica entre as avenidas Marechal Mallet e Presidente Costa e Silva, no Boqueirão.

Depois que os pedestrianistas saírem da praça seguirão pela avenida Marechal Mallet, depois entram na avenida Paris e vão até a avenida Ecológica. Passarão pela avenida Costa Machado, retornam para a avenida Marechal Mallet, percorrendo a avenida Gaspar Viana e chegam à praça Duque de Caxias, que está localizada no começo da avenida Presidente Castelo Branco.

No final serão instalados brinquedos para as crianças se divertirem. Também ocorrerá a distribuição de pipoca e algodão doce. Bandas musicais da Região animarão os participantes ao longo do trajeto e na chegada. Além disso, 42 banheiros químicos serão instalados para a Caminhada e os participantes terão água à disposição.

02/01/2019

Foto: Divulgação PMPG/Jairo Marques

 
Edição da Corrida Águia 13k está com inscrições disponíveis

Competição acontece em 16 de dezembro e terá percursos de 6,5 km e 13 km, ambos pela orla de Praia Grande

Mais uma prova de pedestrianismo está com inscrições abertas aos amantes e apreciadores do esporte. Trata-se da Corrida Águia 13k.

A competição acontece em 16 de dezembro e terá percursos de 6,5 km e 13 km, ambos pela orla da praia. Os interessados podem preencher as vagas nos sites https://ticketagora.com.br/, http://www.runnerbrasil.com.br/, http://www.treinoonline.com.br/ e https://www.ativo.com/.

Para participar é preciso realizar o pagamento da taxa de inscrição que tem dois valores de acordo com o kit escolhido: o básico incluiu camiseta do evento, sacochila, chip descartável para cronometragem do tempo de prova e número de peito, e custa R$ 75,00. Já o kit Águia, que acompanha toalha, viseira, sacola personalizada, camiseta, sacochila, chip e número de peito é     R$ 90,00.

A largada está prevista para acontecer às 7h na sede do Águia, que fica na rua Gilberto Fouad Beck, nº 110, no bairro Mirim.

Como resultado, a disputa premiará com troféus os cinco primeiros colocados no geral e os três melhores por faixa etária: 18 a 24 anos, 25 a 29, 30 a 34, 35 a 39, 40 a 44, 45 a 49, 50 a 54, 55 a 59, 60 a 64, 65 a 69 e mais de 70. Todos os participantes que completarem as distâncias receberão medalhas comemorativas. A equipe com o maior número de corredores também terá troféu.

A entrega dos kits acontece dois dias antes da prova, das 14h às 18h, na loja Decathlon, do lado externo Litoral Plaza Shopping.

Os resultados da prova serão postados no site www.cronotime.com.br. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, necessita do Javascript ativado para ser visualizado e pelo site www.ypseventos.com.br.

O evento regido pelo Grupamento Aéreo Águia da Policia Militar do Estado, com a organização da YPS Promoções e Eventos e apoio da Prefeitura.

 
Torneio agita Ocian e realiza tributo à atleta da modalidade

Evento reuniu aproximadamente 200 atletas e teve disputa válida pelo Circuito Paulista
LATERAL Frescobol

 

Sol, energia e diversão marcaram a edição do Encontro de Amigos do Frescobol de Praia Grande, que movimentou a arena da modalidade no bairro Ocian, no sábado, dia 17. Os jogos foram divididos entre as categorias pais e filhos, masculina e mista, sendo que as duas últimas tinham a pontuação das partidas válidas para ranking paulista e valiam troféus. Já os participantes da pais e filhos conquistaram medalhas de participação.

Como resultado da mista Wellington e Carla venceram em primeiro lugar com 914,78 pontos; Fernando e Cleyde ganharam o segundo com 897,35 e Marcio e Claudinha terminaram em terceiro com 785,09. Já pela masculina Wellington e Naldinho conquistaram a vitória com 1.005,524 pontos; Fernando e Levi ficaram em segundo com 987,492; e Filipe e Rodrigo em terceiro com 867,059.

De acordo com um dos membros da organização, Alessandra Chevchuk, as expectativas para o evento foram alcançadas. “E inclusive superadas. Deu tudo muito certo, vimos que as pessoas também ficaram satisfeitas e foram receptivas com a ideia”, comentou, acrescentando que planejar o encontro antecipadamente contribuiu para que tudo desse certo.

A ideia surgiu pela organização perceber a necessidade de divulgação do esporte, que nasceu no Brasil e é disputado profissionalmente em outros países. “A categoria pais e filhos mostrou isso. Mesmo não trazendo pontos realmente foi uma forma de incentivo aos iniciantes, que puderam ver o nível das outras categorias, que gostaram, jogaram bem e poderão ser os futuros atletas.”

O evento reuniu aproximadamente 200 pessoas, entre atletas e apreciadores. Embora este seja o segundo ano que acontece o encontro, foi a primeira vez que o torneio fez parte da quarta etapa do Circuito Paulista, que ao todo tem cinco etapas, sendo que as três primeiras e a última aconteceram em Peruíbe. Aliás, a final está marcada para ocorrer dia 8 de dezembro. No dia seguinte haverá também a escolha do rei e rainha da praia 2018, que serão escolhidos entre os oito primeiros colocados do ranking misto e masculino.

Além do projeto de promover a prática de atividade física, houve um tributo ao atleta César França, que morreu em 8 de novembro do ano passado, em um acidente de carro. “Ele foi um dos melhores jogadores e amava o frescobol. Foi lindo, contou com a presença dos pais, esposa e filha.”

A organização foi realizada por um grupo de pessoas independentes, ligadas apenas pela prática do frescobol, todos da Arena do Ocian. Também fazem parte do grupo Marcio Mendes de Freitas, mais conhecido como Grilo, Ely Silva, Emerson Branco, Hygino Pegas e Peter Lima.

O evento teve apoio das empresas Fastball, Teixeira, Conad, MF Suplementos, Tanaka, Cabana do Arruda, Drogaraia, Amigos do F. Peruíbe, Rei dos biquínis, Casa de Bolos, Priscila Braga, Baixada pra vc, Akira, Topy Vantagens, PG storm, Yw Fotografia, Riptide, Adriano Dias, Jire Redebox, Bgi Empreend, Isaías Cabeleireiro e Construtora Terrace.

A Arena Frescobol do Ocian fica na faixa de areia, na direção da avenida Castelo Branco com a rua Comendador Otto Carlos Golanda, próximo ao Ocian Praia Clube. Para conhecer mais o grupo basta acessar a página do Instagram @frescobolpraiagrande.

22/11/2018

Texto: Larissa França

Foto: Divulgação/ Adriano Dias

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias