Estado reduz homicídios, estupros e roubos e furtos de veículos em fevereiro

Indicador de roubos de carga também caiu no período e as extorsões mediante sequestro permaneceram zeradas em SP

O Estado de São Paulo terminou o mês de fevereiro com queda nos indicadores de casos e vítimas de homicídios dolosos, que alcançaram as menores taxas do período (na comparação com o mesmo período do ano passado). Os estupros, os roubos e furtos de veículos e os roubos de carga também caíram.

Com duas ocorrências a menos, os boletins de mortes intencionais passaram de 212 para 210 – queda de 0,9% na análise dos meses de fevereiro de 2019 e 2020. O número de vítimas caiu 0,5% – 219 para 218. Os totais são os menores da série histórica, iniciada em 2001.

As quedas permitiram que as taxas dos últimos 12 meses (março de 2019 a fevereiro de 2020) também recuassem, ficando em 6,20 casos e 6,49 vítimas de homicídios dolosos para cada grupo de 100 mil habitantes. Os índices são os menores da análise histórica.

Em fevereiro, os estupros reduziram 6,4%. Em números absolutos, houve 61 ocorrências a menos. O indicador passou de 946 para 885, se analisado o segundo mês do ano passado com igual período deste ano.

Os casos e vítimas de latrocínios cresceram, com 10 e 11 registros a mais, respectivamente. Em contrapartida, pela segunda vez consecutiva, o território paulista não apresentou casos de extorsões mediante sequestro.

Furtos e roubos

No período, os roubos de veículo caíram 9%, passando de 3.562 para 3.242 – 320 casos a menos. Os furtos de veículos, por sua vez, diminuíram 8,6% – foram 6.610 ocorrências no mês passado contra 7.233 em fevereiro de 2019. As somas são as menores da série.

Com 68 ocorrências contabilizadas a menos, os roubos de carga seguiram a tendência de queda – passaram de 587 para 519 (-11,6%). Já os roubos a banco subiram de dois para seis boletins de ocorrência dessa natureza.

Os roubos em geral tiveram alta de 4.327, já que 23.708 ocorrências foram registradas no mês passado. No indicador de furtos em geral, o aumento foi de 4.081 casos na comparação do segundo mês de 2019.

MAIS DADOS - O trabalho das policiais em todo o território paulista, no segundo mês do ano, resultou em 14.049 prisões e na apreensão de 1.004 armas de fogo ilegais. Também foram registrados 3.204 flagrantes por tráfico de entorpecentes.

31/03/2020



 

 
Chances de estágio se concentram no primeiro trimestre

Estudo mostra que as oportunidades aumentam neste período por conta das vagas chamadas sazonais

Quem busca o primeiro emprego ou oportunidades de estágio tem grandes chances de consegui-las neste período. Isso porque segundo levantamento realizado pelo Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) o número vagas de estágio ou aprendizagem crescem ao menos 31% durante o primeiro trimestre.

Este fato acontece pois nos três meses iniciais do ano é realizada a reposição de contratos que encerraram devido o tempo de vigência, ou pelo estudante terminar o curso de graduação, o que é chamado também de vagas sazonais. Um novo pico de contratação ocorre novamente nos meses de julho e agosto, motivado principalmente por alunos que iniciaram o curso no meio ano.

De acordo com o superintendente nacional de operações do Ciee, Marcelo Gallo esse é um movimento natural e esperado das empresas. “Os contratos de estágio duram cerca de dois anos ou até o estudante se formar, portanto, as companhias estão contratando estagiários de olho em futuros projetos e formar profissionais capacitados que ela possa absorver ao final do período”, afirma.

Para conhecer e se cadastrar no Ciee basta acessar o site www.ciee.org.br.

CRESCIMENTO – Pelo Brasil o número de estagiários aumentou 47,1% em sete anos conforme pesquisa divulgada em junho do ano passado pelo Ciee em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Foram registrados 339 mil estagiários em 2010 que passaram para 498 mil em 2017.

Em 2017, a maior parte dos estagiários cursava o ensino superior (76,6%), seguido pelo ensino médio (19,6%), técnico (3,4%) e demais níveis (0,3%). Os dados revelam que a bolsa-auxílio recebida apresentou queda entre 2010, quando era de R$ 883,00, para 2017, quando passou a ser de R$ 850,00. O nível mais elevado de valores foi registrado em 2013, com R$ 1.013,00.

Quanto ao perfil dos participantes a maior parte em 2007 era do sexo feminino (59,8%) em todos os níveis de estágio, no entanto os homens é que mais recebiam bolsa-auxílio (59,2%) enquanto os de sexo feminino eram 58,3%. Quando se trata do valor recebido pelos estagiários, as mulheres ganhavam menos em todos os anos e níveis educacionais. Para os estagiários do nível superior, a diferença média, em 2017, era de R$ 1.001,00, o que indica que os homens recebiam uma bolsa 8,9% maior do que as mulheres.

Foto: Divulgação

 

 
Delegacia da Mulher de PG ganhará nova sede e atendimento 24 horas

Unidade passará a ficar no bairro Guilhermina junto ao Núcleo Especial Criminal (Necrim), que também será construído

Leia mais...
 
Força-tarefa fiscaliza 884 embarcações na temporada

 

A Força Tarefa de Guarujá trabalhou durante a temporada para garantir o ordenamento da Cidade, bem com a segurança de munícipes e turistas. Segundo balanço divulgado pela Prefeitura na terça-feira, dia 5, de dezembro a janeiro, a equipe realizou 884 vistorias a embarcações, que destas 37 estavam irregulares. As avaliações foram realizadas pelo Grupamento de Defesa Ambiental (GDA).

Segurança em terra e também na água. Um convênio firmado no ano passado entre Prefeitura e Marinha permitiu que os agentes fiscalizassem as atividades náuticas. Ainda na faixa arenosa, eles verificam a documentação das embarcações e dos condutores, bem como da observância das regras de tráfego aquaviário na orla marítima.

Além disso, as ações resultaram no atendimento de 387 ocorrências de som abusivo e esteve entre o maior número de ocorrências. Nas áreas residenciais foram 155 ocorrências, no comércio 133, em veículos 51, na faixa arenosa 12 e em vias públicas 36. Deste total, 37 sons foram apreendidos.

As bicicletas na faixa de areia estiveram também na mira dos fiscais. Foram recolhidas ao pátio 65 meios de transporte. A ação visa coibir que os veículos se tornem instrumentos para delitos e principalmente de fuga para criminosos.

Houve também 176 boletins de ocorrência, 328 multas de trânsito, 514 relatórios de atendimento, 33 patrulhamentos preventivos e 48 chamados de ocorrências com animais, sendo 28 deles resgates.

 
Rapaz é flagrado com plantação de maconha dentro do quarto

 Três vasos com mudas de Cannabis sativa foram encontradas no quarto do rapaz

Um homem foi preso em flagrante por equipe da Polícia Militar por realizar o cultivo de maconha em casa, no bairro Vila Nova, em Registro, no Vale do Ribeira. A informação foi confirmada pela polícia na quarta-feira, dia 6.

A plantação ficava dentro do quarto e tinha vasos com a erva, uma estufa com sementes e adubo. Todos os materiais foram apreendidos.

Tudo começou quando durante patrulhamento, as equipes acharam suspeita a ação de um rapaz em frente a uma residência, local que já era conhecido por abrigar um ponto de tráfico de drogas.

Ao ser abordado foram encontrados R$ 80,00 em dinheiro, um celular e uma sacola plástica com adubo. Quando foi questionado pelos profissionais da segurança, disse estar no local para comprar drogas, e que o adubo seria usado em mudas de Cannabis que ele cultivava em casa.

Com a confissão os policiais o acompanharam até sua casa, onde localizaram três vasos com mudas de Cannabis sativa, além de uma estufa com adubos, fertilizantes e outros materiais usados no cultivo de plantas, no quarto do suspeito.

Ainda no cômodo, os policiais apreenderam um pino com cocaína, uma porção de maconha, folhas secas e sementes. O rapaz foi preso por porte de drogas e encaminhado para a delegacia da Cidade, onde permaneceu à disposição da Justiça.

MONGAGUÁ – Profissionais da Força Tática do 29° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I) também receberam informações sobre outro homem que tem uma plantação do entorpecente no quintal de casa, no Jardim Regina Maria.

Uma equipe abordou o homem e em buscas localizaram uma muda de maconha no quintal. Durante conversa, o suspeito confessou a prática do delito e indicou onde estaria o restante das drogas. Foram localizados ainda 191 papelotes com cocaína, cinco eppendorfs com cocaína, 10,5 litros de lança perfume, duas porções de maconha, 2 mil eppendorfs vazios, aproximadamente 500 embalagens para venda de lança perfume vazias, R$ 291,00 em dinheiro, sete celulares sendo um com queixa de furto e um tablet. O criminoso foi oresi.

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias