Delegacia da Mulher de PG ganhará nova sede e atendimento 24 horas

Unidade passará a ficar no bairro Guilhermina junto ao Núcleo Especial Criminal (Necrim), que também será construído

Leia mais...
 
Força-tarefa fiscaliza 884 embarcações na temporada

 

A Força Tarefa de Guarujá trabalhou durante a temporada para garantir o ordenamento da Cidade, bem com a segurança de munícipes e turistas. Segundo balanço divulgado pela Prefeitura na terça-feira, dia 5, de dezembro a janeiro, a equipe realizou 884 vistorias a embarcações, que destas 37 estavam irregulares. As avaliações foram realizadas pelo Grupamento de Defesa Ambiental (GDA).

Segurança em terra e também na água. Um convênio firmado no ano passado entre Prefeitura e Marinha permitiu que os agentes fiscalizassem as atividades náuticas. Ainda na faixa arenosa, eles verificam a documentação das embarcações e dos condutores, bem como da observância das regras de tráfego aquaviário na orla marítima.

Além disso, as ações resultaram no atendimento de 387 ocorrências de som abusivo e esteve entre o maior número de ocorrências. Nas áreas residenciais foram 155 ocorrências, no comércio 133, em veículos 51, na faixa arenosa 12 e em vias públicas 36. Deste total, 37 sons foram apreendidos.

As bicicletas na faixa de areia estiveram também na mira dos fiscais. Foram recolhidas ao pátio 65 meios de transporte. A ação visa coibir que os veículos se tornem instrumentos para delitos e principalmente de fuga para criminosos.

Houve também 176 boletins de ocorrência, 328 multas de trânsito, 514 relatórios de atendimento, 33 patrulhamentos preventivos e 48 chamados de ocorrências com animais, sendo 28 deles resgates.

 
Rapaz é flagrado com plantação de maconha dentro do quarto

 Três vasos com mudas de Cannabis sativa foram encontradas no quarto do rapaz

Um homem foi preso em flagrante por equipe da Polícia Militar por realizar o cultivo de maconha em casa, no bairro Vila Nova, em Registro, no Vale do Ribeira. A informação foi confirmada pela polícia na quarta-feira, dia 6.

A plantação ficava dentro do quarto e tinha vasos com a erva, uma estufa com sementes e adubo. Todos os materiais foram apreendidos.

Tudo começou quando durante patrulhamento, as equipes acharam suspeita a ação de um rapaz em frente a uma residência, local que já era conhecido por abrigar um ponto de tráfico de drogas.

Ao ser abordado foram encontrados R$ 80,00 em dinheiro, um celular e uma sacola plástica com adubo. Quando foi questionado pelos profissionais da segurança, disse estar no local para comprar drogas, e que o adubo seria usado em mudas de Cannabis que ele cultivava em casa.

Com a confissão os policiais o acompanharam até sua casa, onde localizaram três vasos com mudas de Cannabis sativa, além de uma estufa com adubos, fertilizantes e outros materiais usados no cultivo de plantas, no quarto do suspeito.

Ainda no cômodo, os policiais apreenderam um pino com cocaína, uma porção de maconha, folhas secas e sementes. O rapaz foi preso por porte de drogas e encaminhado para a delegacia da Cidade, onde permaneceu à disposição da Justiça.

MONGAGUÁ – Profissionais da Força Tática do 29° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I) também receberam informações sobre outro homem que tem uma plantação do entorpecente no quintal de casa, no Jardim Regina Maria.

Uma equipe abordou o homem e em buscas localizaram uma muda de maconha no quintal. Durante conversa, o suspeito confessou a prática do delito e indicou onde estaria o restante das drogas. Foram localizados ainda 191 papelotes com cocaína, cinco eppendorfs com cocaína, 10,5 litros de lança perfume, duas porções de maconha, 2 mil eppendorfs vazios, aproximadamente 500 embalagens para venda de lança perfume vazias, R$ 291,00 em dinheiro, sete celulares sendo um com queixa de furto e um tablet. O criminoso foi oresi.

 

 
Últimos dias para se inscrever no processo seletivo destinado a Guarda Patrimonial

CONTRATAÇÃO - O salário-base é de R$ 1.163,00, com jornada de trabalho de 40 horas semanais

A Prefeitura de Itanhaém está com inscrições abertas para o processo seletivo com 170 vagas para a função de Guarda Patrimonial até domingo (3). O salário-base é de R$1.163,00, com jornada de trabalho de 40 horas semanais, sujeita ao regime de escala de 12 por 36 horas, prestando serviço aos finais de semana, feriados e plantões noturnos. Para participar o interessado precisa ser alfabetizado, ter idade igual ou superior a 18 anos e atender aos requisitos presentes no edital.

As inscrições são realizadas via internet, com contribuição espontânea de 1kg de alimentos não-perecível, na ficha eletrônica, até às 23h59, de domingo (3) e, presencialmente, na Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (CMTECE), localizada na Avenida Condessa de Vimeiros, 1131, no Centro, das 9 às 11 horas e das 14 às 16 horas, de segunda a sexta. O quilo de alimento deverá ser entregue na própria Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, no mesmo horário de inscrição.

Vale ressaltar que o comprovante de inscrição deverá ser mantido em poder do candidato para o caso de não constar o nome no edital de convocação para a realização da prova objetiva. O exame será composto por vinte questões, sendo dez de Matemática e dez de Língua Portuguesa, com perguntas de múltipla escolha. O local, dia e horário serão divulgados no dia 12 de fevereiro, por meio do site oficial da Prefeitura de Itanhaém (www.itanhaem.sp.gov.br), em listas afixadas no Paço Municipal e também publicadas no Boletim Oficial.

 
Itanhaém ganhará Delegacia de Defesa da Mulher

A cada sete segundos uma mulher é vítima de violência física no Brasil


Mais de 5 mil mulheres já foram agredidas hoje, segundo dados do Relógio da Violência do Instituto Maria da Penha (IMP). Existem muitos instrumentos para proteger mulheres em situação de violência. Pensando nisso, o Governo do Estado, em conjunto com a Prefeitura de Itanhaém, estará nos próximos meses implantando uma Delegacia de Defesa da Mulher na Cidade. Nesta última terça-feira (22), na sala de reuniões do Paço Municipal, uma reunião proporcionou a troca de informações para o andamento dos trabalhos.
O encontro ocorreu no gabinete do prefeito Marco Aurélio Gomes e contou com a presença do Diretor do Departamento de Polícia Judiciária responsável pela Baixada Santista, Litoral Sul e Vale do Ribeira, o delegado Manoel Gatto Neto. A DDM ainda não tem um local definido para ser implantada a sede, mas um dos assuntos discutidos na reunião foi justamente a sugestão de possíveis lugares.

A discussão proporcionou a troca de informações para o andamento dos trabalhos que visam a implantação de uma sede da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em Itanhaém. A DDM ainda não tem um local definido para ser implantada, mas um dos assuntos discutidos na reunião foi justamente a sugestão de possíveis lugares.

O horário de funcionamento será como nas demais Delegacias de Defesa da Mulher, das 8 às 19 horas. A equipe será composta, preferencialmente, por mulheres, contando com uma delegada e escrivãs, além da ajuda de investigadores. A previsão de entrega da delegacia é para os próximos meses, pois são aguardadas a formação de novas delegadas, que estão realizando o curso de preparação na Academia da Polícia.

Segundo Manoel Gatto Neto, a Cidade precisa de uma DDM por diversos motivos. “Não tem esse serviço especializado em Itanhaém, por isso a importância da implantação da delegacia na Cidade. Hoje, em andamento, temos cerca de 400 inquéritos policiais que tratam a respeito da violência doméstica”.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias