Polícia Civil de Praia Grande fará nova reconstituição da morte de Ana Beatriz

Nesta terça-feira, dia 18, a Polícia Civil de Praia Grande fará uma nova reconstituição do assassinato da menina Ana Beatriz Tossato Ferreira de Souza, de 13 anos, morta em sua casa, no Jardim Anhanguera, em Praia Grande, em 13 de junho. A reconstituição será baseada na versão da pugilista Elizabeth Fernandes dos Santos, de 42 anos, presa no último dia 11.

A mulher, namorada da mãe da adolescente, confessou a participação no crime durante depoimento. Ela relatou que o assassinato da jovem teria sido premeditado porque a garota estaria se recusando a praticar sexo com ela, a mãe e padrasto da garota, Ana Luiza Ferreira, de 28 anos, e Carlos José Bento de Souza, de 48 anos, conhecido como Azeitona. Ainda segundo a pugilista, a menina queria denunciar os abusos sexuais e que era obrigada a transportar entorpecentes. Todos estão presos.

Azeitona é acusado de usar formol para a vítima desmaiar, o que não aconteceu. Em seguida, ele teria segurado a menina e sua mãe, a esganado. Logo após, Beth, que é pugilista, teria socado a adolescente, que não resistiu às agressões e morreu.

Outra versão - Na primeira reconstituição do assassinato, realizada em agosto, foi concluído que a mãe da adolescente não intercedeu durante a agressão para salvar a filha. Na ocasião, a polícia trabalhava com a hipótese de a menina ter sido espancada até a morte pela amante da mãe, a pugilista Elizabeth.

Presa em 27 de agosto, a mãe da adolescente confessou à polícia que o crime aconteceu na sala de casa durante uma discussão entre a filha e a boxeadora.

Depois de ver a filha morta, Ana Luiza informou que foi até o carro buscar um cobertor porque estaria preocupada com o filho, que dormia, e elas arrastaram o corpo para o fundo da casa. O corpo de Ana Beatriz foi localizado na Via Anchieta.

O laudo da perícia técnica confirmou que Ana Beatriz, além de fraturas no nariz e no maxilar, também sofreu asfixia. Na reconstituição, ficou claro que ninguém tentou socorrer a garota.

 

 

 

Fonte: A Tribuna On-line
11:05  Terça-feira
Praia Grande, dia 18 de setembro de 2012 

 

 

Ecovias

ecovias