Maurício de Sousa lança gibi da Turma da Mônica com personagens soropositivos

Por meio de Igor e Vitória, o gibi da Turma da Mônica abordará questões referentes ao vírus HIV, como a forma de contágio e como viver com crianças soropositivas e o preconceito. O lançamento aconteceu na segunda-feira, dia 17, em Brasília. Ao lado de personagens bem conhecidos como Cascão e Magali, os novos integrantes terão habilidades com esportes e levarão uma vida saudável.

A Turma da Mônica ganhará novos personagens: Igor e Vitória. Maurício de Sousa lançou na segunda-feira, dia 17, seu primeiro gibi com personagens que têm o vírus HIV. O objetivo é falar para as crianças sobre questões como forma de contágio, o que é o vírus, como viver com crianças soropositivas e o impacto social da síndrome.

A ideia dos personagens foi da ONG Amigos da Vida, que atua na prevenção e combate ao HIV/aids. O presidente da ONG, Christiano Ramos, disse que a intenção é resolver um problema existente nas mídias voltadas para crianças. “O Maurício tem uma linguagem bem acessível, bem leve. Ele vem fazer um papel inédito, que é trabalhar a aids com muita leveza, tranquilidade e naturalidade para as crianças”.

“Vamos usar a credibilidade da Turma da Mônica e nossa técnica de comunicação para espantar esse preconceito, principalmente do adulto, que muitas vezes sugerem medo à criançada. Vamos mostrar que a criança pode ter uma vida normal, com a pequena diferença de ter de tomar remédio a tal hora e, caso venha a se ferir, tem que ter alguém cuidando do ferimento. Fora isso, é uma vida normal”, diz Maurício.

O autor diz que Igor e Vitória podem vir a fazer parte do elenco permanente da Turma da Mônica, não necessariamente citando o fato de eles serem soropositivos.

No gibi, Igor e Vitória, que aparecem ao lado dos personagens da Turma da Mônica, têm habilidades com esportes e levam uma vida saudável. Serão distribuídos 30 mil exemplares do gibi gratuitamente nas brinquedotecas do Distrito Federal, na pediatria dos hospitais da Rede Amil (um dos patrocinadores do projeto) e nos hospitais públicos do governo do Distrito Federal.

O objetivo da ONG Amigos da Vida é que em 2012 as histórias de Igor e Vitória cheguem também a São Paulo, ao Rio de Janeiro, a Porto Alegre, a Curitiba, a Salvador e ao Recife.

 





Fonte: ABr
Foto: ABr/Valter Campanato 
11:50  Terça-feira
Praia Grande, dia 18 de setembro de 2012
 


 

Ecovias

ecovias