Baixada Santista registra aumento de caso de estupros

Cerca de duas pessoas são vítimas de estupro por dia na Baixada Santista. É isso o que revelam os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. Os casos subiram 13% de janeiro a agosto, comparando-se com o mesmo período do ano passado. Ao todo, foram 464 registros de pessoas estupradas nos primeiros oito meses deste ano. Em 2011, esse número foi de 409.

Mongaguá lidera os casos de estupro, onde houve 53,8% mais ocorrências - passando de 13 em 2011, para 20, neste ano. Em seguida vem Itanhaém com salto de 35,7%, passando de 28 casos em 2011 para os 38 neste ano.

 

Praia Grande está na terceira posição, com aumento de 31,3%, com 83 registros de janeiro a agosto de 2011 e 109 este ano.

Em Santos, a cada mês, quase dez pessoas são estupradas. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, os casos de violência sexual registrados na Cidade até agosto já superam em 5,5% o total de todo o ano de 2011.

São 76 casos nos primeiros oito meses de 2012, contra 72 durante o ano passado inteiro. Se a comparação for apenas entre janeiro e agosto dos dois anos, o salto foi de 28,8%, já que, naquele período de 2011, foram contabilizados 59 casos.

Também houve aumento em Cubatão, de 17,6%; em Guarujá, de janeiro a agosto deste ano, foi registrado um caso a mais do que no mesmo intervalo de 2011; em São Vicente, alta de 4,35%.

Em Peruíbe e Bertioga houve queda. Os casos caíram de 14 em 2011 para dois neste ano – uma diminuição de 85,7%. Já Bertioga, de 12, os casos despencaram para cinco.

 

Praia Grande, dia 26 de setembro de 2012

Fonte: A Tribuna On-Line

11:49  Quarta-feira 

 

Ecovias

ecovias