Festival de Turismo de Cubatão vai ter food trucks, música e passeios gratuitos pela Cidade

 

Programação acontece dias 18 e 19 de abril, na Praça a Independência, no Jardim Casqueiro.
 
Pilotados por chefs que buscaram qualificação até no exterior, os carros de food truck ou comida de rua serão o destaque no fim de semana dos dias 18 e 19 de abril em Cubatão. Mini-coxinhas recheadas com os mais inusitados sabores, paletas mexicanas, ceviches e temakis, culinária portuguesa. não vão faltar opções para agradar os visitantes. O I Festival de Turismo, FESTUR, acontece na Praça Independência, no Jardim Casqueiro, em um espaço ao ar livre, cheio de verde e perto da beira mar, sempre a partir do meio-dia. Isso, além de boa música e passeios gratuitos para quem deseja conhecer uma Cubatão recheada de história e ecoturismo.

As opções diversificadas de comidas artesanais serão saboreadas em trucks e barracas, com mesas coletivas. Entre os restaurantes estão Irmãos Coxinha, uma food kombi especializada em mini-coxinhas nas versões salgadas e doces, sempre servidas em copos com 10 unidades. O preço não passa de R$10,00. Coxinha de feijoada, de frutos do mar, vegetais e chocolate são algumas das novidades.

As famosas paletas mexicanas, sorvetes cremosos e com sabores diferenciados, serão representadas pela Ramón Paletas. O restaurante de rua está montado sobre uma Ford Rural 76, toda adaptada e ambientada. Vendidas a R$9,00, as paletas pesam 120 gramas e tem como carro-chefe Iogurte com Amora, além de sabores como banana com nutella, ninho trufado, brigadeiro recheado e muito mais.

Outro restaurante é o Krepps66, pilotado pela chef Luciana. São crepres franceses cheio de criatividade, remetendo a carros antigos, sabores incríveis e uma rota muito conhecida como a Rota 66 nos EUA. Montado sobre um trailler, tem um cardápio que custa de R$6,00 a R$20,00. Entre as delícias está o famoso "Galaxie", um sabor de mãe, levando na preparação carne louca com vegetais e cebola roxa caramelada. Já a "Kombi" traz batatas assadas bem sequinhas e crocantes.

Há, ainda, o restaurante O Gajo, especializado em comida portuguesa e de boteco. Sanduíche de pernil, bolinho e empadas de bacalhau e pastel de belém, entre muitas outras opções. Já o Ohana Food Truck traz temakis e ceviches preparados pelo chef Miguel Israel Silva Jara.

Estes são apenas alguns dos food trucks que descem a serra para fazer da Praça Independência um local de entretenimento e sabores. É a primeira vez que Cubatão entra na rota gourmet, agregando diversão e turismo. "O food truck já é uma tendência. Até o início dos anos 2000, ainda carregavam o estigma de comida barata e de pouca qualidade, mas isso mudou. Muitos chefs investiram na antiga modalidade de fazer uma refeição rápida e saborosa e tem dado certo. Os restaurantes móveis são sucesso por onde passam", afirma Tico Barbosa, secretário de Turismo de Cubatão.

O evento faz parte da programação oficial de aniversário da cidade, que completa 66 anos de emancipação político-administrativa. O secretário destaca que a ideia do Festival de Turismo é valorizar o potencial de Cubatão, seja em grandes eventos, passeios de ecoturismo, vocação artística. Até porque o Festur vai contar com palco e boa infraestrutura. Shows musicais rechearão o sábado e domingo. Um dos destaques é a apresentação da Banda Marcial de Cubatão, que completa 25 anos. Será no dia 19, às 20h. No programa, música popular e mundial, com destaque para o repertório dos concertos "Noite do Flash Black", um retorno à era disco, e das músicas latino-americanas. A regência será do maestro Alexandre Felipe Gomes.

Passeios gratuitos - Além de gastronomia e música, o Festur vai proporcionar passeios gratuitos por vários lugares de Cubatão. Caminho do Mar, parque industrial, Largo do Sapo, Parque Itutinga-Pilões são alguns dos locais que poderão ser visitados no sábado e domingo, a partir das 9h. Vans sairão da Praça Independência, levando os visitantes até os pontos turísticos, sempre acompanhados por um guia. As visitas poderão ser agendadas a partir da semana que vem. "Cubatão não é somente indústria. A cidade tem um potencial de ecoturismo imenso e veremos isso de perto em uma pequena trilha no Itutinga-Pilões. Também possui muita história, exemplificada pela estrada velha, o Caminho do Mar. E até o parque industrial, um dos maiores da América Latina entra nessa rota especial. Queremos mostrar a Cubatão que poucos veem ou que só conhecem de passagem", garante Tico Barbosa.
 
Praia Grande, 9 de abril de 2015

Quinta, 09 Abril 2015 14:29

Fonte: Assessoria de Imprensa

 

Ecovias

ecovias