Furto em ecolas integra lista com 46 ocorrências em órgãos públicos

Sobe para 46, o número de ocorrências contra os órgãos públicos de Guarujá, segundo dados do órgão municipal responsável. Nesta semana, mais duas escolas municipais foram invadidas. A última ocorreu na madrugada desta quarta-feira, dia 19, na unidade escolar Magdalena Maria Cardoso Lourenço, no Jardim Tejereba.

 Neste, o criminoso tentava furtar material escolar, microsystem, além de um teclado e monitor. Graças ao trabalho da Guarda Civil Municipal, os produtos foram recuperados e o indivíduo encaminhado à Delegacia. O outro caso foi na Escola Dirce Valério, no mesmo bairro da outra unidade, porém ocorreu no início da semana, na última segunda-feira, dia 17. Desta Unidade, o criminoso conseguiu fugir levando dois botijões de gás.

 Os próprios públicos de Guarujá tem sofrido com ações deste tipo desde o início do ano.  A média de furtos, roubos ou invasões é de um a cada dois dias, situação que se agravou principalmente no último mês. De 7 de março até agora, foram registrados 29 ataques aos equipamentos municipais, quase um por dia.

 No mês passado, o Município chegou a acionar o Ministério Público devido à suspeita de que grupos criminosos estivessem por trás dessas ocorrências. Houve rápido retorno. As investigações foram intensificadas e a Polícia conseguiu identificar parte da quadrilha responsável pelos prejuízos e parte dos bens furtados foi recuperada. Trata-se de um trabalho diário, e o prefeito continua solicitando o empenho das autoridades na resolução do problema.

Carolina Huerte

 

Ecovias

ecovias