Exposição inspirada em Frida acontece na sede das Oficinas Culturais

A memória da mexicana Frida Khalo, que foi um dos principais expoentes da pintura mundial do século XX, será celebrada em São Vicente. Ao longo deste mês, a Secretaria de Cultura traz à Cidade a exposição Todos podem ser Frida, que será realizada entre os dias 7 e 31, na sede das Oficinas Culturais.

Neste período, a mostra estará aberta ao público as segundas, quartas e sextas, das 8h às 17h.  Realizada em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, através do Museu da Diversidade Sexual, a exposição é composta por 30 fotografias de modelos masculinos caracterizados como a artista mexicana.

A mostra é traçada por cinco temas: Frida por Inteiro, O Amor de Frida, A Dor de Frida, As Cores de Frida e O Aborto de Frida. Além destas, mais 16 fotografias que mostram um pouco da intimidade da pintora também estarão expostas.

A fotógrafa Camila Fontenele de Miranda, idealizadora do projeto, captura as conexões existentes entre arte, identidade de gênero e comportamento social, uma referência à própria história de vida da pintora e seus autorretratos reconhecidos pela inversão de papéis.

Todos Podem Ser Frida ainda conta com uma intervenção fotográfica, permitindo que o visitante se transforme na própria Frida com adereços e maquiagem. A exposição terá monitoria que permitirá aos visitantes interagirem com a exposição, ao ouvirem uma breve história sobre a homenageada suas obras, e sua relevância na arte.

 Em caso de agendamento, o horário poderá se estender. Interessados podem entrar em contato com a Secult, por meio dos telefones 3468-8636, 3468-1536 ou 3468-1528. As Oficinas Culturais ficam na rua Tenente Durval do Amaral, n° 72, no bairro Catiapoã.

 

Crédito: Divulgação

Danielle Martins

 

Ecovias

ecovias