Baixada Santista realiza ações para prevenir e combater o câncer de mama

No Outubro Rosa, cidades da região farão gratuitamente os exames de mamografia

 

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização, criado na década de 1990, a fim de prevenir e controlar o câncer de mama. Só no Brasil, anualmente, surgem cerca de 60 mil casos de câncer de mama. O mês de outubro foi escolhido para proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, e assim contribuir para a redução da mortalidade. Por isso, diversas cidades da Baixada Santista realizam movimentos e ações para prevenir e combater ao câncer.

Em Praia Grande as Unidades de Saúde e de Assistência Social vão realizar atividades ao longo do mês, serão palestras, rodas de conversa, serviços gratuitos, caminhadas, entre outros. As unidades ainda estão formatando data e horário das atividades e, possivelmente, na próxima semana a Prefeitura já terá o cronograma. Durante outubro, os principais equipamentos da cidade terão as cores luzes das fachadas alteradas para rosa.

Já em Santos, mulheres com câncer de mama atendidas na rede pública ou privada da Cidade terão agora gratuidade no transporte coletivo para tratamentos complementares como fisioterapia, psicologia e nutrição. A lei 3.603, que garante o benefício, foi sancionada nesta terça-feira, dia 1º, pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, no salão nobre do Paço, durante o lançamento oficial da campanha Outubro Rosa 2019, realizada pela Prefeitura em parceria com o Instituto Neo Mama. Mais informações no portal da Cidade.

A programação teve início com iluminação rosa de prédios históricos e espaços públicos. Haverá ainda realização de mamografia na Unidade Móvel de segunda a sexta, das 9h às 12h (demanda espontânea) e das 13h às 16h (mediante agendamento), na Praça Mauá (Centro) até dia 30 de dezembro. Neste sábado, dia 5, será Dia D nas 31 policlínicas de Santos com agendamento de exames de mamografia e coleta de papanicolau, além da realização de atividades como oficinas de autoexame da mama, orientações de métodos contraceptivos, entre outras ações.

No Guarujá, a maior ação será neste sábado, dia 5, a partir das 9h, na praça Horácio Lafer, já que diversas atividades e serviços serão oferecidos para a população. Durante o evento, o público contará com palestras de conscientização; serviços de saúde, como aferição de pressão arterial, testes de sífilis e HIV; e ainda poderá participar de atividades que envolvam toda família, como aulas de capoeira e FitDance, pintura de rosto e brincadeiras. Outras ações serão realizadas ao longo do mês.

Até o final do mês, também serão realizadas atividades voltadas para toda a família, em São Vicente. No dia 19, terceiro sábado do mês, a ação será das 10h às 15h, na praça Coronel Lopes, no Centro. Haverá cortes de cabelo para doação, oficinas, orientação e encaminhamento de saúde, aulão de ritmos e apresentações culturais. Na Rua do Lazer, que acontece no último domingo de todo mês na avenida Antônio Rodrigues, na praia do Gonzaguinha, das 9h às 13h, levará o “rosa” para o evento no dia 27 de outubro com diversas atividades esportivas e culturais.

As equipes de Saúde de Mongaguá estão preparando uma programação especial para ressaltar a data, com atividades interativas e palestras com especialistas. Além disso, os postos deverão receber nos próximos dias adereços na cor rosa. A agenda está em fase final de ajustes, apenas por questões de horários, com vistas a contemplar o maior número de pessoas, mas é certo que os eventos envolverão 14 postos de Saúde, entre unidades básicas, pronto-atendimento, Centro de Fisioterapia, SAE, Hospital Municipal e Saúde Mental, abrangendo pacientes e também os profissionais.

Itanhaém informou que está em processo de finalização da programação de Outubro Rosa. A secretaria de Saúde de Bertioga preparou diversas ações para comemorar, o mês de prevenção ao câncer de mama. Nos dias 5, 6 e 7 de outubro, a “Carreta da Mamografia” vai realizar exames em mulheres acima de 35 anos nos bairros Boracéia, Chácaras e Centro. Também haverá palestras de conscientização sobre a doença pelas unidades de saúde da Cidade.

07/10/2019
Foto: Divulgação

 

 

Ecovias

ecovias