Lazer
Espetáculo O Dinheiro do Tio volta ao palco do PDA

Peça já recebeu quatro prêmios e duas indicações no Fescete de 2019

O Palácio das Artes recebe um espetáculo de comédia gratuito na próxima quinta-feira, dia 29, às 20h. O Dinheiro do Tio promete arrancar muitas risadas do público no retorno ao palco do Palácio das ROT O dinheiro do TioArtes. A peça fez sucesso no Festival de Cenas Teatrais (Fescete) recebendo quatro prêmios na categoria adulto - melhor cena pelo voto popular, texto e dois prêmios de melhor ator (empate entre Marcos Martinz e Alaff Lira), além de indicações para melhor cenário e direção,que comparecer ao local. Os ingressos podem ser retirados a partir das 19h (são 513 lugares).

Com texto de Isabel Samegima e direção de Alan Queiroz, a peça tem classificação indicativa de 12 anos. A história se passa na mansão do Tio Inácio e traz o retorno de Ricardo à casa de seu tio milionário que está à beira da morte. O sobrinho vai acompanhado de seus dois filhos adolescentes, sua irmã e a ex-mulher, todos fingem preocupação com o estado saúde de Inácio, mas buscam apenas embolsar a alta quantia de dinheiro.

Embora mostre seu ’amor incondicional’, Ricardo não será fácil ficar com a herança, pois terá que lidar com o genro, o padre e o próprio advogado para ter absoluta certeza de que o testamento será justo à sua maneira. E sua chegada trará desespero também para a empregada Tereza, que espera ser recompensada no testamento por seus longos anos de serviços naquela casa imensa.

Na história, por conta de Ricardo, a família inteira volta para perto do tio. Nisso surge Lady (ex-mulher do Ricardo), Shakira (filha do Ricardo), Antônio (filho do Ricardo), Jorge (jogador parceiro de Antonio), Tereza (empregada), Mário Sérgio (advogado), Vera (enfermeira), Sandra (sobrinha), Meg (dona do buffet) e Padre Miranda (pároco da paróquia local).

O diretor da peça explica que toda mentira é encenada. “No meio do espetáculo estão ensaiando um texto dentro da peça, que é um jantar para o tio Inácio. É uma metalinguagem, isso que é o mais interessante. O jantar da família perfeita para o tio”, detalhou Alan Queiroz.

Ele conta ainda que eles querem passar uma imagem para o tio de família extremamente tradicional. “Tio Inácio é muito antiquado, muito religioso e conservador. O sonho do tio era alguém jogador de futebol na família, o Antônio é ator de teatro musical, e eles querem passar a imagem de que ele é muito macho para o tio acreditar, e ser o orgulho da família e ninguém perder a herança”, afirma.

Isabel Samegima conta que nem todos os espetáculos que desenvolveu foram ideias dela. “O caso do O Dinheiro do Tio, escrevi todo o texto, mas quem deu a ideia foi o fotógrafo José Muniz. Quando percebi, o cérebro já estava compondo a continuação da história”.

Isabel ressalta que gosta de escrever sabendo que é a pessoa que vai fazer o personagem. “Tudo que escrevi deu certo, mas quando escrevo sabendo quem vai fazer o personagem, rende mais elogios, porque parece que ganha um destaque maior”.

Lucas Luan Lima interpreta Ricardo e sua maior dificuldade foi ser pai na história. “Foi difícil porque meu texto é enorme, a Isabel não mediu a mão para o meu personagem. Acredito que o único desafio é fazer um pai de dois filhos já grandes, que é a Shakira e o Antônio (Anthony)”.

Já Thaina Marciano que interpreta a Shakira está sendo mega divertido participar da peça. “O elenco é espetacular, todo ensaio que temos é extremamente engraçado tanto para quem interpreta os personagens quanto para quem fica observando. A Shakira em minha opinião é o esteriótipo da “adolescente milenal”. O mundo dela é 100% tecnológico, vive das redes sociais. É muito avoada e brutinha, mas também tem aquele olhar de malícia e auto projeção: ela quer estar sempre em evidência. É uma personagem que consegue roubar a cena”.

Com duração de 1h10, outra apresentação de O Dinheiro do Tio está marcada para o dia 11 de setembro, às 20h, dentro das comemorações de 11 anos do PDA.

3/06/2019

Texto: Danielle Martins

Foto: Divulgação/Jota Erre

 

Ecovias

ecovias