Gazeta do Litoral


O Pequeno Príncipe promete encantar público em Mongaguá

A apresentação acontece no feriado do dia 21

Leia mais...
 
Fundo Social de Guarujá realiza o Baile da Primavera

 

O Fundo Social de Solidariedade de Guarujá promove no próximo dia 29, a partir das 21h, o Baile da Primavera, com o tema: Flores, alegria e muitas cores. O evento será realizado na Sociedade Esportiva Itapema (Socia), que  fica na rua Agenor de Assis, 97, Vila Alice, em  Vicente de Carvalho. A renda será revertida para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Guarujá.

A festa é uma comemoração à estação das flores, que tem início no próximo dia em 22 e termina em 21 de dezembro. Além de saudar a estação mais exuberante do ano, o baile tem um olhar voltado para a solidariedade. O público vai se divertir com a animação da Banda Nova Era.

Os convites podem ser adquiridos no Fundo Social de Solidariedade que fica na rua Cavalheiro Nami Jafet, n° 549, no Centro, de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h. O ingresso custa: R$ 250,00 reais e o traje obrigatório: social completo.

Danielle Martins

 
Cinema drive-in chegará à cidade na próxima semana

Retomando o modelo de exibição dos charmosos drive-ins das décadas de 40 e 50

Leia mais...
 
Guarujá celebra 83 anos e comemora várias melhorias

Guarujá foi visitada pela primeira vez no dia 22 de Janeiro de 1502 pelos exploradores portugueses André Gonçalves, Américo Vespúcio e suas armadas. Em 30 de Junho de 1934, a cidade recebeu o título de Estância Balneária e em 1947 passou a ser considerada município devido ao seu crescimento contínuo. A população, segundo a estimativa para 1º de julho de 2015, era de 311.230 habitantes. Possui uma área de 142,9 km², o que resulta numa densidade demográfica de 2.034 habitantes por quilômetro quadrado.LATERAL Guarujá 83 anos

Atualmente, a cidade é conhecida como a Pérola do Atlântico, devido às suas belas praias e belezas naturais. Nesta sexta-feira, dia 30, comemorou 83 anos de emancipacão político-administrativa. A Prefeitura preparou grandes atrações para celebrar esta nova fase e está realizando diversas ações e melhorias para o desenvolvimento da cidade.

No dia do aniversário, o público pode conferir a apresentação da esquadrilha da fumaça na Praça dos Expedicionários, na ocasião, o prefeito da Cidade, Válter Suman recebeu as autoridades, dentre elas estava o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin e do seu vice, Márcio França; além do secretário Estadual de Turismo, Laércio Benko.

De acordo com o prefeito de Guarujá, as atividades de aniversário foram preparadas com muito carinho e sem gasto do dinheiro público. “Estamos promovendo uma programação à altura do cidadão guarujaense, com custo zero aos cofres públicos. Nada mais é do que um presente que a cidade recebe e compartilha com quem escolheu a nossa Pérola do Atlântico para viver”.

A programação iniciou na sexta-feira, dia 23, e segue até este domingo, dia 2. No sábado, dia 1º, a Prefeitura renova a permissão de uso do campo de futebol do Itapema, em cerimônia na sede. A Praça dos Expedicionários recebe as 18h peça teatral A Formiga Fofoqueira, e às 19h a apresentação do Coral Municipal. Já no domingo, dia 2, último dia das festividades, ocorre o Triatlhon na Praia da Enseada, e o lançamento do Selo “Cidade Amiga do Ciclista”.

 

Crédito: Divulgação

Danielle Martins

 
Fortaleza da Barra concorre a título de Patrimômio Mundial pela Unesco

No início do mês, o Seminário Internacional de Fortificações Brasileiras – Patrimônio Mundial, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com os Ministérios do 

Fortaleza da Barra GrandeTurismo, da Cultura e da Defesa, realizado em Recife, teve como foco a candidatura de um conjunto de fortificações do Brasil à Patrimônio Mundial pela Unesco, sendo uma delas a Fortaleza da Barra Grande de Santo Amaro, em Santa Cruz dos Navegantes, no Guarujá.

O conjunto é formado por fortes localizados no Amapá, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. De acordo com o Iphan, todos são produtos da ocupação marítima portuguesa e holandesa, estruturas remanescentes dos séculos XIV a XIX, que representam com a máxima fidelidade, as construções defensivas implantadas àquela altura nos pontos que serviram para definir as fronteiras do Brasil.

Para conquistar o título, a Fortaleza da Barra precisará seguir algumas exigências estabelecidas no Seminário. Ao final do encontro, autoridades dos governos federal, estadual e municipal assinaram a Carta de Recife.  O documento elenca diretrizes que fomentam a participação social na gestão das fortalezas, a fim de mantê-las atuante tanto no papel ambiental, arqueológico, arquitetônico e paisagístico quanto no papel de salvaguarda da história e cultura nacional, com iniciativas de educação patrimonial.

A diretora de Patrimônio Histórico da Prefeitura, Mônica Daige, representou o Munícipio no seminário. “Foi um evento muito gratificante, pois nesses quatro dias de Seminário tive contato com vários tipos de pessoas de diversos locais do mundo, trocando experiências. Todas as palestras enriqueceram meu conhecimento”.   

 

Crédito: Divulgação PMG
Danielle Martins

 


Ecovias

ecovias