Câmara de PG aprova reajuste de 5,5% para servidores

Apesar da pressão dos sindicalistas, vereadores aprovaram projetos de lei que concedem reajuste aos servidores do Executivo e Legislativo

Leia mais...
 
Corrida contra o Câncer é incluída no calendário oficial

Vereadores aprovaram três proposituras durante a sessão desta semana em PG

Com 14 votos favoráveis, o Projeto de Lei nº 24/19, foi aprovado durante a sessão da Câmara de Praia Grande de terça-feira, dia 7, que institui no calendário oficial do Município o Dia da Corrida Contra o Câncer, que deve ocorrer todo terceiro domingo do mês de julho.

O autor da propositura, vereador Natanael Vieira de Oliveira (PRP), ressaltou a importância da inclusão do evento no calendário oficial da Cidade. “Na primeira edição, esse evento reuniu 500 pessoas e a expectativa agora na segunda edição é reunir mais de 800 pessoas. Eu peço apoio dos parlamentares, que votem a favor, porque é um evento de grande importância, que desperta a atenção da sociedade para que se cuidem, para evitar essa doença”, argumentou.

Ainda durante a discussão do projeto, o vereador Marco Antonio de Sousa, o Marquinho (PMN), observou que todo evento relacionado à conscientização sobre a necessidade de se detectar o câncer é de grande importância. “É muito importante falar sobre esse assunto, porque tem muita gente sofrendo com essa doença, porque não tem tratamento especializado na região, sendo que em cerca de 90% dos casos, se as pessoas descobrem a doença no começo e tiverem acesso rápido ao tratamento, tem cura. O problema é as pessoas com essa doença estão agonizando nas filas de espera por atendimento, porque já passou da hora de termos um serviço de atendimento ao câncer na região”, salientou o parlamentar.

ORDEM DO DIA – Ainda na sessão de terça-feira, dia 7, também foram aprovados o Veto Total nº 5/19, em que o Executivo veta o Projeto de Lei nº 16/2019, de autoria do vereador Hugulino Alves Ribeiro (MDB), que dispõe sobre a definição e o desenvolvimento de políticas “antibullying”, por instituições de ensino e de educação infantil, públicas ou privadas; e o Projeto de Lei Complementar nº 9/19, também do Executivo, que acresce requisitos e atribuições para o cargo de técnico desportivo em todas as modalidades, para que a Prefeitura possa exigir experiência específica aos profissionais que prestarem concurso para a função.

ESTUDOS – No início dos trabalhos do Legislativo, a Mesa Diretora informou aos parlamentares que está na Casa para estudos o Projeto de Lei Complementar nº 10/19, de autoria do Executivo, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2020 e da outras providências. A propositura passará por análise das comissões de vereadores e deve ser incluída na pauta de votação ainda este mês. Em anexo à proposta, foi enviado um demonstrativo dos projetos em andamento neste ano, com a porcentagem de quanto já foi realizado até abril. Por exemplo, a reforma das Unidades de Saúde da Família dos bairros Quietude, Mirim, Melvi e Ribeirópolis está com 75% das obras realizadas e a previsão de término é em setembro. Sobre a implantação de corredores de transporte coletivo nas avenidas marginais à rodovia Padre Manoel da Nóbrega, a Prefeitura informou que mais de 95% já está concluído, com entrega prevista também em setembro.

 
Câmara de PG aprova ampliação do Programa Bolsa Moradia Social

Vereadores aprovaram mudança na lei para concessão de mais 50 bolsas moradias para famílias de baixa renda

Leia mais...
 
Sem ordem do dia, sessão da Câmara de PG tem somente votação de requerimentos

Sessão desta semana teve somente expediente dos vereadores, já que nenhum projeto foi pautada para votação na Ordem do Dia

A sessão da Câmara de Praia Grande desta terça-feira, dia 12, não contou com nenhum projeto na Ordem do Dia. No expediente dos vereadores, foram apresentados requerimentos sobre variados como meio ambiente, habitação, obras públicas e saúde.

O vereador Dimas Antônio Gonçalves (PEN) apresentou requerimento questionando o Executivo e a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) sobre a retomada das cirurgias eletivas no Hospital Municipal Irmã Dulce, que foram suspensas em fevereiro devido à falta de funcionamento dos aparelhos de ar condicionado no centro cirúrgico. Entre as questões, o parlamentar perguntou se já foi normalizado o atendimento; se não, qual a previsão de retomada do serviço; quantas pessoas aguardam por cirurgias eletivas e quantos procedimentos do tipo são realizados mensalmente?

Ex-secretário de Meio Ambiente, o vereador Eduardo Rodrigues Xavier (MDB) apresentou requerimento sugerindo ao prefeito Alberto Mourão (PSDB) à criação de um projeto para incentivar a arrecadação de lacres de latinha de metal em escolas e repartições públicas municipais, para posterior troca por cadeiras de rodas. “O volume de lacres para trocar por uma cadeira é muito grande e muitos analisam que é possível um projeto diferente para um número maior de cadeiras de rodas, mas a importância desse projeto é socioeducativa voltada para crianças e jovens por meio da arrecadação de lacres para troca na Apae-PG ou Hospital do Câncer de Barretos. São necessários 80 quilos de lacres para trocar por uma cadeira de rodas, mas é uma forma de conscientizar as crianças e adolescentes sobre a importância da reciclagem”, enfatizou.

Preocupado com o atendimento da demanda em serviços públicos após a entrega de 400 unidades habitacionais no bairro Melvi, o vereador Hugulino Alves Ribeiro (MDB) apresentou requerimento ao Executivo com as seguintes questões: Qual o impacto na área de educação infantil e ensino fundamental? Qual o impacto no atendimento da Saúde, mais especificamente nas Usafas? Existe a possibilidade de permuta entre os sorteados das unidades habitacionais antes da assinatura do contrato? Quantos pacientes passarão a ser atendidos na Usafa Melvi?

ALAGAMENTOS – Depois de receber diversas reclamações sobre alagamentos no bairro Quietude, mas especificamente na rua Nicolau Paal, no Condomínio Rubi, o vereador Isaias Moises dos Santos, o Isaias Cabeleireiro (PTB), perguntou ao Executivo se existe estudo para impedir o problema no local. Ao discutir o requerimento, o vereador Marcelino Santos Gomes (MDB) comentou que já fez alguns trabalhos referente à essa questão, mas concluiu que o problema é que os moradores jogam lixo na calçada, bem em cima de duas bocas de lobo, e sugeriu um trabalho de conscientização dos moradores do condomínio, já que o poder público limpa toda semana. “É uma questão de educação, porque orientação não falta, tem Ecoponto, tem o Rapa Treco, não tem adiantado muito. Os moradores precisam ter um pouco de consciência e usar os serviços públicos oferecidos”, reforçou Isaias Cabeleireiro.

 
Pesquisa CNT/MDA aponta 55,4% de satisfação com Governo Bolsonaro

Para 55,4%, o governo de Bolsonaro está sendo melhor que o de Temer, enquanto 24,3% consideram que está sendo igual e 8,7% avaliam que está pior

Com 2.002 pessoas ouvidas, a 143ª Pesquisa CNT/MDA aponta que 55,4% dos entrevis-tados disseram que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) está melhor do que a gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB). O estudo, realizado de 21 a 23 de fevereiro, foi divulgado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) na terça-feira, dia 26, e mostra a avaliação dos índices de popularidade do governo e pessoal do atual chefe da Nação.

A avaliação do Governo Bolsonaro é positiva para 38,9% dos entrevistados, contra 19% de avaliação negativa. Para 29%, a avaliação é regular e 13,1% não souberam opinar. A aprovação do desempenho pessoal do presidente atinge 57,5%, contra 28,2% de desaprovação, além de 14,3% que não souberam opinar.

EXPECTATIVA – A expectativa dos entrevistados para os próximos seis meses como relação a emprego, 51,3% disse que acredita que vai melhorar; 17,2%, que vai piorar; e 28,7%, vai ficar igual. Sobre a renda mensal, 33,8%, afirmou que vai aumentar; 9,6%, que vai diminuir; e 51,2%, que vai ficar igual. Quanto aos setores que consideram primordiais, na Saúde 41,7% respondeu que vai melhorar; 19,2%, que vai piorar; e 36%, que vai ficar igual. A Educação 47,2% dos ouvidos acreditam que vai melhorar; 15,6% que vai piorar; e 34,8% que vai ficar igual. E sobre a Segurança pública, 53,3% disseram que vai melhorar; 17,5%, que vai piorar; e 26,3%, que vai ficar igual.

ELEIÇÕES – O levantamento questionou também quantos votaram para presidente em outubro, e 82,7% afirmaram que cumpriram seu dever como eleitores. Destes, 70,4% estão satisfeitos com o voto e 15,9% estão muito satisfeitos; enquanto 7,6% estão arrependidos. Para 55,4%, o governo de Bolsonaro está sendo melhor que o de Temer, enquanto 24,3% consideram que está sendo igual e 8,7% avaliam que está pior. Na comparação entre Dilma Rousseff (PT) e Bolsonaro, 55,9% acham que o governo atual está sendo melhor; enquanto 19,4% avaliam que está pior e 14,5% consideram que está sendo igual.

Ao serem questionados se Bolsonaro reúne as condições para unificar os brasileiros, 40,5% responderam que sim, que a atuação dele vai contribuir para reduzir a separação política entre as pessoas. Já 21,6% afirmam que vai acirrar a separação política e 18,1% avaliam que não vai alterar.

METODOLOGIA - Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

28/02/2019

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias