Praia Grande tem queda em índices de desemprego

O índice de desemprego em Praia Grande caiu para 13,52%, conforme pesquisa realizada pelo Núcleo de Pesquisas e Estudos Socioeconômicos (Nese), ficando abaixo dos 15,69% registrados no ano passado.

Os números foram avaliados positivamente pelo secretário de Relações de Emprego e Trabalho, Getúlio de Matos, que levou em consideração ainda os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, para analisar a situação atual da Cidade.

De acordo com o Caged, Praia Grande ocupa a 3ª posição em geração de empregos na Baixada Santista, com 199 postos criados até julho deste ano, ficando atrás apenas de Santos e Guarujá, com 3.147 e 561 postos respectivamente. “As cidades que têm melhor desempenho são justamente as cidades atendidas pelo Porto. Fazendo essa comparação, considero os números de Praia Grande positivos”, afirmou Matos. Em um ano, a Cidade gerou 994 empregos.

Matos acredita que os números apresentados tanto pelo Nesse como pelo Caged representam uma tendência para os próximos anos. “A região é metropolitana e os empregos circulam. Acredito que essa circulação das vagas comece a acontecer também para a outra extremidade da região, uma vez que Santos e Guarujá estão em uma dessas extremidades. Praia Grande está no centro e tem como crescer nesse sentido”. O setor de serviços é um dos que mais empregam em Praia Grande.

 

 



Fonte: DeCom/PMPG
14:40  Sexta-feira
Praia Grande, dia 21 de setembro de 2012 

 

Ecovias

ecovias