Fundo Social tem aulas gratuitas de Tai Chi Chuan

As aulas acontecem todas às terças e quintas-feiras

Força, energia e equilíbrio são alguns dos benefícios do Tai Chi Chuan, uma arte milenar praticada no mundo todo. Em Guarujá, o Fundo Social de Solidariedade em parceria com o Centro de Atendimento da Terceira Idade (CATI) disponibiliza aulas gratuitas.

“É uma série de movimentos lentos e suaves que trazem benefícios para corpo e para alma. É bom pra quem tem problemas de coluna e musculares, pressão alta e também depressão”, explica a professora Sonia Siqueira. Ela já pratica o Tai Chi Chuan há 15 anos.

Uma pesquisa de uma clinica médica nos Estados Unidos constatou que a prática do Tai Chi Chuan na terceira idade restaura o senso do equilíbrio evitando os tombos comuns nesta fase da vida.

É no jardim da sede do Fundo Social que, cerca de 80 alunos, mandam embora o stress e se conectam com as energias boas. A professora se utiliza de músicas suaves que ajudam na interiorização e na realização dos movimentos que envolvem todo corpo.

Quem não perde uma aula é o casal Salete Caggiano de 73 anos e Aires José de 72 anos. “Começamos juntos a participar das aulas e já sentimos grande diferença. Gosto muito dos movimentos, traz um equilíbrio físico e relaxa. Em casa, quando estou tensa utilizo algumas técnicas ensinadas aqui”, comenta Salete.

“É muito bom praticar o Tai Chi Chuan, já tem 4 anos que eu participo. Cada um faz no seu limite, os movimentos trazem tranqüilidade. Além disso, é muito bom pertencer a um grupo, ao final das aulas tem um bate papo e acabamos nos unindo para fazer outras coisas”, relata a aluna Helena Bernardi, de 67 anos.

As aulas acontecem todas as terça e quintas-feiras, das 9h30 às 10h30. Os interessados podem procurar o Fundo Social de Solidariedade de Guarujá, que fica na Rua Cavalheiro Nami Jafet, 549, Centro.
PREFEITURA DE GUARUJÁ – Assessoria de Imprensa – Tel.: (13) 3308-7470

 

Ecovias

ecovias