Estupros na Região registram alta de 18% no primeiro semestre do ano

A Baixada Santista apresentou aumento de 18,93% em casos de estupro no primeiro semestre, segundo dados divulgados na última terça-feira, dia 25, pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Nos seis primeiros meses de 2017 foram registrados cerca de 157 casos do crime, ou seja, ocorreu em média um estupro por dia.

No ano passado, no mesmo período, foram 132 casos. Itanhaém e São Vicente são as duas cidades que concentram o maior número de ocorrências, com 31 casos em cada município. 

Segundo a PM, o motivo que dificulta a ação da polícia na prevenção das ocorrências se deve a grande parte dos casos acontecer dentro da própria residência da vítima.

Em contrapartida, Praia Grande registrou queda neste índice de 33, no ano passado, para 22 casos. Porém, o Município  foi o local em que o número de roubos mais cresceu: foram 1.931 casos ano passado para 2.588, subindo 34%. 

Ainda em relação à Baixada Santista, casos de furto de veículos e homicídios tiveram alta de 12,50%, em comparação com o primeiro semestre de 2016, apresentando em 2017, 10.241 ocorrências, contra 9.103 do ano anterior.

 

Larissa França

 

Ecovias

ecovias