Mãe e filha foram encontradas mortas no Jardim Marina

Um caso misterioso está sendo investigado pela polícia em Mongaguá. Na última quinta-feira dia 21, duas mulheres foram encontradas mortas no mesmo imóvel. Eliane Namer, de 73 anos, teve um infarto, já sua filha Zuleica Costa de 53, morreu de traumatismo craniano. A hipótese de homicídio não está descartada.

Segundo informações divulgadas pela polícia, as mulheres não morreram em um curto intervalo de tempo. Entre uma morte e outra, existiu um intervalo de no mínimo 24 horas. Um homem qual seria contratado como cuidador da aposentada que encontrou os dois corpos.

O mistério acontece no bairro Jardim Marina. Ao entrar na casa a polícia encontrou Eliane morta no sofá. Já Zuleica, foi encontrada no andar de cima, sob a cama. A casa não estava revirada, e não havia vestígios se alguém passou pelo local.

De acordo com a polícia, ainda não é possível determinar como, e nem a hora em que as mortes aconteceram. A única certeza é de que a filha morreu primeiro, provavelmente entre a noite de segunda-feira dia 18, e a manhã de terça-feira dia 19. Já a mãe, teria morrido no dia seguinte.

O Caso está sendo investigado pelo delegado Ruy Pereira Filho e pelo investigador Rogério Pinto, que solicitaram uma perícia no carro de Zuleica, que aparentemente foi usado quando ela já estava morta. Câmeras de monitoramento nas proximidades da residência podem ajudar a esclarecer o caso.

 

(Foto: Reprodução/Facebook)

Tiago Campos

2017-09-28 14:17:03

 

Ecovias

ecovias