Plano Diretor começa a ser discutido com a população

População pode participar da reunião e dar sugestões para a elaboração das metas para o Turismo

Nesta terça-feira, dia 21, às 19h, acontece a primeira oficina de diagnóstico para elaboração das metas do Plano Diretor de Turismo de Praia Grande (PDTUR). O encontro é aberto à população, que pode dar sugestões para melhorar o setor. A oficina acontece no Teatro de Bolso Lei Morato, no Palácio das Artes.

O Plano Diretor de Turismo está sendo elaborado pela equipe da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) da Cidade. A fase de coleta de dados (Inventário Turístico), feita através de pesquisas e entrevistas com a população em geral, comerciantes de diversos segmentos e turistas, já foi finalizada, e o próximo passo são as oficinas públicas. “As oficinas têm como objetivo ouvir as demandas da população, para que possamos fazer um diagnóstico turístico mais preciso, traçando ações e metas para um maior desenvolvimento do turismo local”, afirma o subsecretário de Turismo, Márcio Glauber.

Estão previstas três oficinas de consulta pública para a elaboração do Plano Diretor de Turismo. Na primeira, serão apresentadas informações gerais sobre o PDTUR à população. “Vamos falar sobre a realização, funcionamento e importância do Plano, para que a população possa dar sugestões. Teremos ainda mais duas oficinas e nossa meta é apresentar o ofício de formatação final do Projeto de Lei do Plano Diretor de Turismo à Câmara dos Vereadores em fevereiro de 2018”, ressalta.

PDTUR - O Plano Diretor de Turismo tem como objetivo apontar diretrizes para o desenvolvimento econômico e turístico das estâncias, fomentando ações que possibilitem um maior crescimento do setor.

Além de organizar as atividades turísticas, todos os municípios que possuem o título de Estância devem possuir um plano diretor. Dessa forma, recebem, do Governo do Estado, verbas importantes que contribuem com o desenvolvimento da cidade, como o DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) e o DADETUR.

As estâncias turísticas têm até o dia 30 de abril de 2018 para apresentar o Plano Diretor de Turismo completo. Caso contrário, perdem o título de estância, deixando assim de receber as verbas citadas.

 

 

Ecovias

ecovias