Mutirão de castração gratuito será realizado no bairro Caiçara

Moradores dos bairros Maracanã e Caiçara poderão agendar castrações gratuitas para seus cães e gatos na Unidade Móvel de Atendimento à Saúde Animal (Umasa), que está sendo instalada na feira confinada no bairro Caiçara, situada na esquina da rua Flausina Oliveira Rosa com a avenida Dr Roberto de Almeida Vinha, a partir do dia 15.LATERAL Umasa

Para os munícipes que se interessarem em levar seus animais para serem castrados, basta ir até a Umasa entre as 14h e às 16h, de segunda a sexta-feira, onde serão distribuídas aproximadamente 30 senhas diárias. Para o agendamento é necessário que o proprietário do animal apresente o RG e a carteirinha da Unidade de Saúde da Família (Usafa) que frequenta.

Algumas medidas devem ser observadas pelos donos dos animais. Os bichinhos devem ter entre seis meses e cinco anos e não podem estar obesos, nem magros demais.

Antes das cirurgias de castração, todos os animais participam de uma triagem veterinária para avaliar se estão aptos a passarem pelo procedimento.

NÚMEROS – O mutirão de castração realizado pela Umasa que começou no último dia 8 de janeiro, no bairro Mirim, e chegou ao fim com 200 castrações de cães e gatos, após quinze dias de ação. O número alto de castrações minimiza o abandono de filhotes tanto cães como de gatos.

Para a diretora do Projeto Bicharada, Janaina Shiraishi de Oliveira, o benefício da castração gratuita contemplou a cidade inteira. “Foi um sucesso, pessoas de todos os bairros vieram trazer seus bichinhos, principalmente as cadelas e gatas, que preocupam mais, pois ficam no cio em um período muito curto”.

Apesar do número alto de castrações, o número de faltas às operações preocupa, cerca de 50% das consultas marcadas não foram realizadas. “Além das faltas tirarem a oportunidade de outras pessoas trazerem seus bichinhos para serem castrados, quem falta perde o direito de remarcar as cirurgias”, alerta a diretora do projeto, que completa. “Pedimos para quem for faltar por qualquer motivo, avise com pelo menos um dia de antecedência para que possamos colocar outro bichinho no lugar. As pessoas não sabem, mas isso é muito importante para o nosso trabalho.”

 

Crédito: Eduardo Oliveira

 

Ecovias

ecovias