Associação de Solemar obtém utilidade pública municipal

Sessão foi tranquila e projeto aprovado declara de utilidade pública entidade voltada aos idosos de Solemar

Com somente um item mantido para votação na ordem do dia, a Câmara de Praia Grande aprovou o Projeto de Lei nº 15/2018, de autoria do vereador Hugulino Alves Ribeiro (MDB), que declara de utilidade pública a Associação da Terceira Idade Solemar (ATIS), na sessão de terça-feira, dia 3 de abril.ass

No início das discussões sobre o projeto, o autor apresentou um vídeo da ATIS, detalhando os serviços que presta no bairro Solemar, bem como apresentando a sede da entidade e alguns diretores. “Em homenagem à conquista do Jogos Regionais do Idoso (Jori), tenho certeza que a ATIS não é uma entidade exclusiva de Solemar, é uma entidade que tem associados em diversos bairros da Cidade, que participam ativamente das atividades, e que colaboram muito para que a Cidade cresça junto aos esportes para terceira idade. Então peço o apoio dessa casa”, observou Hugo Ribeiro.

A ATIS é uma associação civil criada em 2012, que oferece serviços aos moradores idosos de Solemar e diversos bairros de Praia Grande, com coleta do teor da glicose, palestras sobre combate à dengue, pressão arterial, higiene e hábitos saudáveis; além de incentivar a prática esportiva, com a inscrição de equipes da entidade em diversas competições. A entidade possui membros nos Conselhos Municipal e Estadual do Idoso.

O vereador Roberto Andrade e Silva, o Betinho (MDB), elogiou o vereador Hugo pelo projeto e enalteceu o trabalho da entidade. “Pedi para discutir o projeto para parabenizar o vereador por seu trabalho e elogiar o trabalho desses “jovens” que estão aqui e fazem parte da ATIS, que tem um trabalho tão sério e faz a diferença na sociedade praia-grandense não só em Solemar, mas também nos bairros adjacentes, parabéns”, elogiou

RETIRADOS - Outros dois projetos que estavam pautados para serem discutidos na sessão foram retirados a pedido dos seus autores, foram eles: Projeto de Lei Complementar nº 3/18, de autoria do vereador Betinho (MDB), altera a redação do artigo 4º, da Lei Complementar nº 245/99; e a Moção nº 3/18, de autoria do vereador Dimas Antônio Gonçalves (PEN), que repudia o serviço prestado na destinação de vagas em UTI no Hospital Irmã Dulce.

Carmem Sanches

 

Ecovias

ecovias