Obras da segunda fase do Centro Expandido seguem a todo vapor

A rua Guanabara, no Boqueirão, está recebendo manutenção especial de drenagem

Em Praia Grande as obras de melhoria no segundo trecho conhecido como Centro Expandido Boqueirão seguem a todo vapor. Atualmente está sendo realizada a etapa complementar do projeto. Desta fase, a obra já foi concluída nas ruas Rio de Janeiro, Santa Catarina e Amazonas e está sendo finalizada na rua Duque de Caxias. A rua Guanabara foi interditada na segunda-feira, dia 30, e já está recebendo toda a manutenção de drenagem, antes do início da pavimentação.

Os serviços compreendem a recuperação de guias, sarjetas e a troca da pavimentação com bloquetes sextavados pela asfáltica, além de projeto especial de drenagem em algumas vias. As melhorias no primeiro trecho de obras foram entregues em 2017.

O projeto prevê obras em ruas e avenidas localizadas no quadrilátero limitado pelas avenidas Marechal Mallet, Presidente Costa e Silva, Castelo Branco e avenida Presidente Kennedy, cujos pavimentos atualmente são de bloquetes ou sextavados de concreto e que serão substituídos pelo asfalto betuminoso.

Nesta etapa dos trabalhos, serão revitalizados cerca de 10 km de ruas. O investimento será de aproximadamente R$ 32 milhões, sendo que cerca de R$ 19 milhões foram obtidos por meio de convênios com o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade) e Casa Civil do Estado de São Paulo. Esta etapa foi iniciada em março de 2018 e o prazo de execução é de 24 meses.

OCIAN – O Centro Expandido do Bairro Ocian, que compreende a rua Dr. Vicente de Carvalho, avenida Dom Pedro II e rua Oceânica Amábile, e suas vias transversais no trecho da avenida Presidente Kennedy até a Presidente Castelo Branco, passarão por revitalização. A intenção da Administração Municipal é de que as obras se iniciem em 2018. O investimento total da obra é de R$ 18,3 milhões.

O projeto também inclui a reestruturação da Praça Dr. Roberto Andraus, conhecida por abrigar as feiras de artesanato e de alimentação. As obras terão recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), do Governo do Estado, que assinou o convênio no último dia 28. Uma das principais ações é a de reestruturação da Praça Roberto Andraus onde é realizada a feira de artesanato e alimentação.

A praça passará também por remodelação estrutural ganhando três estruturas pergoladas, cobertas com policarbonato compacto, que terão função múltiplo uso. Ladeando a avenida Dom Pedro II será a estrutura maior, com 44 m x 6 m, onde funcionará a área de alimentação da feira de artesanato e junto a ela será montado um “Lounge", espaço com mesas e cadeiras onde os frequentadores poderão se encontrar, interagir de uma maneira relaxada e desfrutar dos produtos comercializados.

 

Ecovias

ecovias