Sistema de avaliação passará por mudanças a partir do próximo ano

Com a educação infantil, Saeb passa a avaliar todo o percurso da educação básica

A partir de 2019, de forma inédita, a educação infantil será avaliada por meio Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Esta e outras mudanças significativas no Saeb, que não passava por uma revisão desde 2001, foram anunciadas pelo ministro da Educação, Rossieli Soares. Com a inclusão da educação infantil, o Saeb passa a avaliar todo o percurso regular da educação básica.

Soares enfatizou que os alunos da educação infantil não farão testes e que esta etapa será acompanhada por meio de questionários aplicados a dirigentes, diretores e professores, bem como pela coleta de dados de infraestrutura, fluxo e formação de professores a partir do Censo Escolar. “Aumentamos o acesso e não conseguimos olhar para os fatores de qualidade de qual educação está sendo entregue nas creches e na educação infantil”, apontou o ministro.

Conforme anunciado pelo MEC, os estudantes do segundo ano do ensino fundamental serão avaliados como nova etapa de referência para a alfabetização, adequando-se à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A Base antecipou a meta de alfabetização do País para a faixa etária de 7 anos, idade em que a criança está matriculada no segundo ano. Pela primeira vez, a aplicação da prova da alfabetização ao final do segundo ano, pega mais de 70% das crianças com 8 anos.

De acordo com a diretora da Divisão de Educação Infantil da Secretaria de Educação de Praia Grande, Silvia Cinelli Quaranta, as mudanças tendem a ser positivas. “Com a unificação das avaliações pelo SAEB, espera-se que fique mais fácil a compreensão do tipo de prova e sua finalidade, pois estará clara a etapa, a área de conhecimento e o tipo de instrumento envolvido. Esperamos que traga um novo olhar para a aprendizagem do aluno e que provoque mudanças reais na forma de ensinar que hoje temos”, explica.

Silvia enfatiza que essas mudanças farão muita diferença para os educadores. “Neste sentido não podemos falar somente sobre a avaliação, temos que falar da BNCC como um todo, que deixa claro quais são os objetivos mínimos a serem cumpridos em cada ano, o que auxilia na organização do planejamento e na facilidade do professor do ano seguinte em planejar suas atividades sabendo, de forma clara, o que seus alunos aprenderam.”

 

Ecovias

ecovias