Assistidos e familiares da APAE-PG visitam sede da Educação Ambiental

Na ocasião, a equipe do Portinho desenvolveu para os assistidos da instituição e seus pais atividades lúdica sobre o meio ambienteLAT APAE PG

Danielle Martins

O Setor de Educação Ambiental do Portinho recebeu a visita de 50 pessoas da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Praia Grande (APAE-PG), nesta quinta-feira, dia 23.

Na ocasião, a equipe do Portinho desenvolveu para os assistidos da instituição e seus pais uma atividade lúdica sobre meio ambiente e projetos ambientais desenvolvidos pelo setor, sempre com o objetivo de demonstrar o quanto é importante à conservação da natureza.

Os assistidos fizeram um passeio de lancha onde puderam conferir todo o ecosistema existente no local, que é cercado por manguezais. Além disso, ainda tiveram contatos com animais no museu e ao final do passeio tiveram um lanche comunitário.

De acordo com a psicóloga da APAE-PG, Renata Caroline de Souza Moraes, esse tipo de passeio é muito importante para os assistidos e seus familiares. “Não foi apenas uma atividade de socialização entre todos, foi também uma situação de limite, de superação, pois muitos ali tinham medo de água, de barco, de ônibus. Então, esse momento foi lindo e especial para todos”, comentou.

O passeio faz parte da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Multipla 2018, que teve como tema deste ano Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas. A psicóloga comenta que o evento é realizado todo ano pela instituição. “É importante ter a promoção destas atividades, para que a pessoa com deficiência consiga participar. Às vezes muitas famílias preferem realizá-los com o grupo já que ficam mais a vontade. Em outros casos que temos aqui, são carentes e não tem condições de fazer passeios como esses, e nessas o-portunidades conseguem ter la-zer. E o mais importante é es-tarem sendo inclusos na so-ciedade”, observou a psicóloga.

A APAE-PG é uma entidade sem fins lucrativos que atende pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla. O Portinho fica na rua Paulo Sérgio Garcia, s/nº, Sítio do Campo.

 

Ecovias

ecovias