Obras de revitalização da praça Portugal têm previsão de término ainda para este ano

Uma das modificações que estão em fase avançada é a nova área para eventos em que também funcionará a feira de artesanato

Quem passa pela avenida Presidente Castelo Branco já percebe os novos espaços criados com as obras de revitalização da praça Portugal, no bairro Guilhermina. A Prefeitura prevê que tudo deve ser concluído e entregue ainda este ano.

As mudanças da nova área de eventos avançam. No local também funcionará a Feira de Artesanato, ambos construídos no calçadão da orla. Ao todo foram investidos aproximadamente R$ 8.5 milhões, sendo que parte dos recursos foram obtidos junto ao Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade).

Além da área coberta, o piso será em porcelanato técnico anti derrapante, padrão deck de madeira. Para a instalação da nova estrutura todo o entorno também foi readequado, como por exemplo o aumento do calçadão.

No centro da construção será montado um lounge, espaço com mesas e cadeiras onde funcionará a área de alimentação e onde os frequentadores poderão se encontrar, interagir e/ou desfrutar dos produtos comercializados.

O local não será restrito às atividades comerciais dos artesãos. Quando a feira não estiver em atividade será um espaço múltiplo uso para a prática de atividades físicas e convivência familiar. Há ainda a redistribuição de floreiras e bancos. Os serviços de recomposição do piso e da ciclovia seguem o padrão já estabelecido, utilizando respectivamente o mosaico português, pavimentação e pintura especial na cor vermelha.

CANAL - O sistema de drenagem do local já finalizado contou com novas linhas que aumentaram a capacidade de captação das águas pluviais. Com os trabalhos no canal São Salvador, a capacidade de captação foi ampliada com a instalação de aduelas de concreto. Isso faz com que diminua os pontos de alagamento.

A galeria do canal São Salvador foi ampliada e a avenida Castelo Branco tem novo trajeto e sistema de drenagem no trecho da obra. A nova estrutura está sendo construída em concreto e ganhará cobertura de policarbonato. Atualmente as ações estão centralizadas nas treliças metálicas, que estão recebendo cobertura de fibra de vidro.

Para a titular da Secretaria de Obras Públicas (Seop), Eloisa Ojea, “Quando todos os trabalhos forem finalizados, comerciantes, moradores e turistas contarão com um local moderno que oferecerá maior acessibilidade, segurança e conforto para os pedestres, ciclistas e motoristas. Tudo facilitará o trânsito e reduzirá a possibilidade de acidentes”, afirmou.

 

 

Ecovias

ecovias