Evento sobre cidadania e inclusão LGBT busca acabar com preconceito

Palestra acontece neste sábado, dia 6 em Praia Grande

Igualdade, liberdade e conscientização. Esses são alguns dos propósitos do evento organizado pela Associação da Parada do Orgulho LGBT de Praia Grande (APOLGBT-PG), que discutirá a cidadania e a inclusão desse público, neste sábado, dia 6, no Espaço Eko-Kultural Verde América, no bairro Quietude.

O encontro apresentará o filme Orações para Bobby, história de um garoto homossexual que não era aceito pelos pais religiosos e que somente após sua morte começaram a pesquisar e conhecer a população LGBT. Para falar sobre o cenário do longa-metragem haverá palestra com a advogada e presidente da Comissão da Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil de Praia Grande (OBA-PG), Amanda de Aquino Mesquita Souza. Para finalizar a programação, haverá o show da drag queen Hillary D’vanner. De acordo com a APOLGBT-PG, o evento deve reunir cerca de 300 participantes e as atrações são destinadas a todas as faixas etárias.

Segundo a palestrante Amanda Mesquita, o filme retrata o que acontece atualmente. “Ele é capaz de mexer com todos e a roda de conversa trará os anseios das pessoas. Fazemos um paralelo com a realidade, então a expectativa é de que o público possa conversar e trabalhar a cidadania, além de informar e conscientizar as pessoas, já que é um tema que precisa ser discutido na Cidade”, declara.

Conforme o presidente da APOLGBT-PG, Cícero Beletato de Menezes, a reunião terá impactos positivos. “Esperamos que o tabu e esse estigma pela população LGBT sejam quebrados, pois muitas pessoas acham que não somos família, mas fazemos parte da sociedade e muitas vezes isso não é mostrado. Todos precisam entender quem somos e que existimos. O que precisamos é de respeito”, afirma.

O Espaço Eko-Kultural Verde América fica na rua Santa Maria de Jesus, nº 10, no bairro Quietude. A organização aconselha que ao acessar o caminho pelo GPS deve-se colocar a rua Milton Daniels nº 868. O evento acontece das 18h30 às 22h. É recomendado chegar com antecedência.

SOBRE – A Associação da Parada do Orgulho LGBT de Praia Grande (APOLGBT-PG) atua há um ano na Cidade, mas foi fundada há três e desde então realiza outros eventos. Além da palestra, promoveu a primeira da Parada do Orgulho LGBT do Município, em setembro no ano passado, e já tem a segunda edição confirmada. Para este ano também estão previstas ações como o Arraiá da Diversidade.

Beletato diz ainda que as lutas da entidade têm avançado. “Ainda encontramos pessoas religiosas que desconhecem o assunto e acham que somos algo que não se devemos ver, tocar, nem procurar informação, por conta disso acabam criando rótulos. Ainda estamos plantando uma semente que não existia na Cidade, é um trabalho de formiga que precisa ser melhorado como a inclusão no poder público. Um exemplo disso é a Parada, que trouxe turistas ao Município e mostrou que dá para melhorar”, conclui.

 

Ecovias

ecovias