PG libera agendamento de castração gratuita em novos bairros

Castração é gratuita, para inscrever o animal basta comparecer a Umasa, que está atendendo os bairros Vila Sônia, São Jorge, Antártica e Aviação

O agendamento de castração para cães e gatos de moradores do Vila Sônia, São Jorge, Antártica e Aviação já foram liberados pela Unidade Móvel de Atendimento à Saúde Animal (Umasa), projeto da Prefeitura que realiza cirurgias gratuitas aos animais da Cidade.

Os interessados no agendamento precisam ser cadastrados em uma das Unidades de Saúde da Família (Usafas) dos bairros citados. Com isso basta comparecer ao contêiner itinerante que está no Sítio do Campo, portando RG e a carteirinha da Usafa.

O serviço já realizou quase 10 mil cirurgias nos três anos de existência, sendo que somente neste ao já foram mil.

Quanto ao animal é necessário seguir algumas recomendações como ter entre 6 meses e 5 anos e não podem estar obesos. Antes das castrações, todos os pets passam por uma triagem veterinária para avaliar se estão aptos ao processo.

Todos os moradores que fizerem os agendamentos devem avisar com antecedência caso não possam comparecer no dia, pois a taxa de faltas é de 50% e o não comparecimento prejudica outros agendamentos.

Segundo a Administração Municipal, estima-se que aproximadamente 1,5 mil castrações foram desperdiçadas desde o começo das ações devido ao não comparecimento e não existem motivos específicos. Alguns casos acontecem porque os gatos fogem no meio da noite, mas a maior parte é por falta de comprometimento.    

O ideal seria que houvesse o aviso com até 48h para que a equipe consiga entrar em contato com outro dono que esteja no agendamento e tentar encaixar o animal sem que o atendimento seja interrompido. Esse aviso também deve ser feito pois o cão ou gato deve ficar em jejum por 12h, o que faz muitas vezes não dar tempo de avisar.

A Umasa está parada na rua José Bonifácio, em frente à Pista de Atletismo. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 14h às 16h.

PROJETO - A iniciativa faz parte do Projeto Bicharada, desenvolvida pela Divisão de Saúde Ambiental e Proteção à Vida Animal da Secretaria de Saúde Pública (Sesap).

Segundo o Executivo, a Umasa funciona como referência para outras cidades da Baixada Santista e do Estado. Recentemente, representantes de Mongaguá e Várzea Paulista estiveram no Município em busca de informações dos serviços prestados.

06/05/2019
Foto: Divulgação/PMPG

 

 

Ecovias

ecovias