Bairro Ocian em Praia Grande completa 63 anos com programação especial

Espetáculo de abertura acontece no Teatro Serafim Gonzalez nesta sexta-feira, dia 10, às 20h, com entrada gratuita

Completando 63 anos em maio, o bairro Ocian será tema de uma extensa programação promovida por seus moradores. A iniciativa é da Associação de Moradores da Cidade Ocian e a aber-tura será com o espetáculo Ocian, uma história de amor no coração de Praia Grande, sexta-feira, dia 10, às 20h, com entrada gratuita, no PDA.
A peça aborda um amor de verão entre Catarina e Pedro, em que a história de ambos se mistura com o crescimento do bairro, nas décadas de 70 e 80, após a emancipação da Cidade. O texto é de Selma Bosch e Rodrigo Pompeu, que também dirige a peça.
De acordo com Rodrigo, o grupo se preparou bem para as apresentações. “Estamos ensaiando desde fevereiro, de três a quatro vezes por semana, com atores do bairro e da Cidade. Muitos fazem aula no Palácio das Artes, por isso possuem experiência. Claro que há aqueles que não possuem, ajudamos no desenvolvimento. Queremos apresentar personagens típicos do bairro de forma sensível e respeitosa, contando seus causos ao longo do tempo”.
Com um papel importante na peça, Jhuan Shelling Caetano, atuará como Pedro. “O personagem é paciente e extrovertido. Porém o primo vive tirando Pedro do sério e fazendo ele se meter em confusão. Mas por causa do primo, Pedro apaixona por Catarina. São histórias da década que não conhecia, isso que é importante. Participar de algo que te faça crescer e dê experiência”, diz.
Ale Romano interpreta Batista, que é pai da Bianca e Catarina (protagonista) e conta um pouco da experiência. “É um senhor viúvo com duas filhas adolescentes e como a peça ocorre na década de 70/80 existia aquela preocupação moral para criar duas filhas. Então, Batista fica perdido, porque conhece a professora Zoraide, e isso divide e deixa ele confuso.”
Segundo a vice-presidente da Associação de Moradores, Damares de Oliveira, que atua na peça como Felícia, está sendo enriquecedor. “Interpreto uma das moradoras que comeu carne da baleia e acabou tendo uma diarréia. Nos ensaios, descobri que minha área é cômica. A galera dará risadas”, finaliza.
Atuando como professora Zoraide, a diretora social da Associação, Rosa Rangel, diz que será bacana dividir a história do bairro. “O público terá que ir até o teatro para ver essa trama amorosa do Batista com Zoraide. Na peça faço a professora do Bopeva, que foi um local que estudei e em nossa época foi um dos melhores colégios. Aprendemos ser quem somos.”
No dia 18, a peça será encenada em frente à Igreja Nossa Senhora das Graças, no Ocian. Haverá ainda no dia 17, das 20h às 23h, a Sexta Musical, na avenida Dom Pedro II, com a dupla sertaneja Cesar e Renan, entrada gratuita.
No dia 18, às 9h, é a vez do torneio de futevôlei – ao lado da estátua de Netuno na orla da praia. O Baile de Aniversário deve agitar a galera com show da cantora Barbara Pappert no dia 24, a partir das 20h. E encerrando a programação, no dia 26, às 18h, uma missa de ação de graças na Paróquia Nossa Senhora das Graças.
09/05/2019
Texto: Danielle Martins
Foto: Arquivo Pessoal

 

Ecovias

ecovias