Especial
Dia Nacional do Idoso: os desafios de envelhecer com qualidade de vida

A elevação da expectativa de vida se deve aos avanços da medicina e as melhorias na qualidade de vida

Leia mais...
 
Ministério da Saúde lança página voltada à saúde da criança e do adolescente

Ministério da Saúde lançou a Caderneta do Adolescente, nos mesmos moldes da Carteira de Vacinação Infantil e com informações para esse grupo

No mês em que comemora-se o Dia Nacional da Saúde de Adolescentes e Jovens, em 22 de setembro, o Ministério da Saúde lançou uma página temática dentro do Portal Saúde, na internet, voltada à população mais jovem. O objetivo da pasta é reunir em um único lugar todas as informações relacionadas à saúde da criança (do nascimento aos 9 anos) e do adolescente (de 10 a 19 anos) e sobre os serviços disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS) para esses públicos. O conteúdo já encontra-se disponível na página Criança e Adolescente: o que fazer para cuidar.

Com o objetivo de tornar a informação mais atrativa e dinâmica, a página traz vídeos, podcast (conteúdo em áudio) e infográficos. Entre as abordagens estão conceitos das duas fases da vida: criança e adolescente; e informações sobre aleitamento materno, uso de chupetas, de mamadeira, dieta da mãe que amamenta, e orientação sobre alimentação saudável para toda a família.

Também estão disponíveis os conteúdos das cadernetas da criança e do adolescente, que estão disponíveis na página para impressão, tanto pela população em geral quanto pelos gestores e profissionais de saúde. Esses documentos são instrumentos norteadores e de acompanhamento da saúde no período, do nascimento aos 19 anos de idade.

Para o adolescente (menino e menina), a caderneta traz, de forma complementar, material autoinstrutivo sobre suas demandas em saúde e contexto de vida.

A página detalha ainda a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança, criada pelo Ministério da Saúde, com o objetivo de promover e proteger a saúde da criança e o aleitamento materno. A página também aborda o que é e a importância da primeira infância (0 a 6 anos), período muito importante para o desenvolvimento mental e emocional e de socialização da criança.

ALIMENTAÇÃO - É importante que a criança chegue à adolescência com hábitos alimentares bem consolidados. Por isso, para auxiliar que toda a família adote hábitos alimentares saudáveis e, com isso, crie ambiente favorável de promoção à saúde, o Ministério da Saúde disponibiliza o Guia Alimentar para a População Brasileira, que pode ser acessado pela página ‘Criança e Adolescente: o que fazer para cuidar’. As recomendações vão da escolha de alimentos a orientações de como combiná-los, sem esquecer outros detalhes importantes como tempo, companhia durante as refeições e demais fatores que objetivam uma vida mais saudável.

 
Sabesp abre inscrições para selecionar projetos inovadores

Objetivo do chamamento é que participantes proponham soluções para os problemas de saneamento enfrentados pela estatal

A Sabesp publicou chamada pública para a seleção de projetos inovadores que contribuam com a área do saneamento. O objetivo é que os interessados proponham ROT Sabespsoluções diferentes para os desafios enfrentados pela estatal. A inscrição é gratuita e pode ser feita até 4 de novembro. Podem participar pessoas físicas ou jurídicas de direito privado, incluindo star tups, do Brasil ou do Exterior.

Nesta primeira edição, o concurso Pitch Sabesp terá 27 desafios para cinco áreas: experiência dos clientes; redução de perdas; tecnologias para o saneamento; eficiência operacional e energética; e gestão corporativa. Os interessados devem escolher uma ou mais categorias e propor uma solução inovadora para cada uma delas.

Para participar do concurso, os interessados devem acessar o site www.sabesp.com.br/pitchsabesp e clicar em “Inscreva sua solução”. Depois, é necessário preencher um formulário atentando-se ao que prevê o edital e incluir uma apresentação em formato PDF com a descrição detalhada da solução inovadora e demonstração de como o desafio será enfrentado. Caso o participante tenha ideias para mais de uma área, deverá realizar uma inscrição para cada área.

Os projetos inscritos na seleção serão avaliados por Comissões de Análise que selecionarão até 30 projetos classificados como as melhores soluções inovadoras, levando em consideração os seguintes critérios: Solução - aderência da solução apresentada com o desafio proposto e atendimento aos benefícios esperados; Inovação, criatividade e singularidade da proposta; Maturidade - estágio de desenvolvimento do interessado; Modelo de Negócio - viabilidade técnica de implementação da solução, capacidade de ser implementada em grande escala, modelo de monetização da solução; Equipe – experiência profissional e acadêmica e complementariedade técnica do grupo.

A lista de finalistas será divulgada no dia 22 de novembro. Os selecionados participarão do evento Pitch Sabesp, que será realizado em São Paulo, no dia 29 de novembro. Na ocasião, cada participante poderá apresentar sua solução e responder aos questionamentos da banca examinadora multidisciplinar composta por especialistas em saneamento, tecnologia e inovação, e também nas diferentes áreas do conhecimento abordadas nos desafios propostos.

Após o evento, a companhia divulgará os finalistas. Esses selecionados terão seus projetos testados na prática dentro da empresa por meio de um termo de cooperação. A realização do Pitch Sabesp tem apoio da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (Abes), Associación Interamericana de Ingenieria Sanitaria y Ambiental (Aidis), Instituto Trata Brasil e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 
Praia Grande ultrapassa meta anual prevista para investimentos na saúde

Dados foram debatidos na última reunião do Conselho de Saúde, na terça, dia 18

Pela lei, todos os municípios devem investir, no mínimo, 15% anualmente de seu orçamento na área da saúde. Praia Grande já superou a meta exigida pela legislação na aplicação dos investimentos. Sem ao menos completar o ano, a Cidade já ultrapassa os 17%. Esse importante dado foi o principal tema debatido na última reunião do Conselho de Saúde, realizada na terça-feira, dia 18, na Casa dos Conselhos.

A estimativa para o fechamento do ano é ainda mais positiva. A previsão é que o Município termine com mais de 19% de investimento no setor. Além disso, a reunião entre os conselheiros contou também com profissionais da Secretaria de Finanças (Sefin) que anteciparam os números previstos para 2019. A Ci-dade poderá aplicar até 25% na área.

Na reunião, os representantes da Sefin também apresentaram a prestação de todas as contas da Secretaria até o segundo quadrimestre desse ano para a aprovação dos integrantes do Conselho. O documento foi confirmado por unanimidade.

O secretário de Saúde Pública da Cidade, Cleber Suckow Nogueira explica que ter superado a meta é importante. “A superação desse índice é mais um indicativo da preocupação da Administração em melhorar cada vez mais o atendimento ao munícipe. O mínimo é de 15%, mas todos os anos ultrapassamos esse valor e investimos muito mais”.

Cleber ressalta que a Sesap se preocupa sempre com a prevenção. “Se prevernirmos, teremos mais saúde e menos pessoas doentes. Por isso, a Atenção Básica está entre os principais investimentos. Estamos investindo maciçamente nos exames de média e alta complexidade, pois nao podemos mais esperar uma solução dos governos”, reforça.

EXAMES – Com o objetivo de investir cerca de R$ 4 milhões em recursos próprios, a Prefeitura decidiu não mais aguardar uma solução das esferas estaduais e federais para acabar com as filas de espera de diversos exames médicos. A Sesap abriu o Edital de Chamamento para Credenciamento de Serviços Técnicos Especializados para a realização de procedimentos cirúrgicos e ambulatoriais, de consultas e de exames de apoio diagnóstico e terapêutico, por meio de unidade móvel.

A Cidade tem como meta realizar milhares de consultas e exames de média e, inclusive, alta complexidade nos próximos meses. A iniciativa busca equacionar uma demanda reprimida e, desta forma, beneficiar milhares de pessoas que aguardam para efetuar esses procedimentos.

Apesar de alguns dos procedimentos serem de responsabilidade dos governos estadual e federal, a Cidade realizará esses exames com recursos próprios. A estimativa é que sejam realizados 47 mil procedimentos em cerca de 40 mil pacientes.

De acordo com a Sesap, somente no segundo quadrimestre de 2018, os exames realizados pelo Estado tiveram uma queda de, aproximadamente 13% em relação ao mesmo período de 2017. Já nas consultas a diminuição é ainda mais expressiva, são 26,5% a menos consultas médicas realizadas pelo órgão, o que acarreta ainda mais fila de espera. Para se credenciar, é necessário que a empresa acesse o Chamamento Público nº 14/2018, que está disponível no site praiagrande.sp.gov.br ou na Sesap.

 
Brasil registra mais de 11 mil casos de suícidio por ano

Levantamento aponta que a intoxicação exógena é o meio utilizado por mais da metade das tentativas de suicídio notificadas no País

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias