Especial
Praia Grande assina convênio com Sabesp no valor de R$ 1,4 bilhão

Solenidade ocorreu na sexta, dia 6, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital

A Prefeitura de Praia Grande assinou contrato de prestação de serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto com a Sabesp. A solenidade ocorreu na última sexta-feira, dia 6, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital. No investimento total de R$ 1,4 bilhão em infraestrutura de água e esgoto para a Cidade estão previstas ampliação da produção e reserva de água tratada, expansão da distribuição e ações para redução de perdas.

Entre as principais melhorias neste setor está à implantação de Estação de Tratamento de Água (ETA) Melvi com 1,2 m³/s, além de um reservatório para armazenamento de 5 milhões de litros tratados e todas as interligações de adutoras necessárias.

Já em relação ao sistema de esgoto os principais trabalhos incluem, de 2018 a 2024, obras para o sistema de esgoto sanitário beneficiando a popular região do Trevo (Melvi, Esmeralda, Ribeirópolis e Japurá) e remanejamentos de redes coletoras nos bairros Canto do Forte, Boqueirão, Guilhermina, Aviação, Tupi e Ocian, complementação dos coletores no Sítio do Campo e Tupiri e adequação na Estação Elevatória do Sítio do Campo, além da ampliação da coleta e afastamento dos esgotos em diversos bairros como Anhanguera, Princesa I, Cidade da Criança, Quietude, Vila Sônia, Tupi e Intermares. A segunda etapa do Programa Onda Limpa, fará com que a Cidade avance dos atuais 78% de coleta para níveis de universalização (a partir de 95%), mantendo 100% do tratamento.

A prefeita em exercício, professora Maura Lígia Costa Russo, destacou que para a assinatura do contrato foi necessário muito empenho da Administração Municipal para atender a demanda do Município. “Uma das grandes demandas era realmente a questão da substituição das redes de esgoto que estavam condenadas e que trazem problemas nas vias, provocando buracos, e que para fazer toda a parte de pavimentação era necessária a substituição desta tubulação”.  

O governador do Estado de São Paulo, Márcio França, que participou da assinatura de con-tratos, destacou a importância da Sabesp. “Hoje, estamos fechan-do contratos para atender 1,5 milhão, 2 milhões de pessoas nessas cidades. Caminhamos para fazer parcerias com outras cidades. Queremos que vocês (prefeituras) tenham a Sabesp como parceira”, comentou.

Além de Praia Grande, parti-ciparam da solenidade represen-tantes das Prefeituras de Aguaí, Angatuba, Gália, Guararema, Guarujá, Saltinho e São Vicente.

 
Extra do Litoral Plaza Shopping muda unidade para lado externo

Comércio alimentício já existia no local, porém, na parte interior do centro comercial

Praia Grande expande a cada dia e tem ganhado novos investimentos em diversas áreas. E não foi diferente no Litoral Plaza Shopping, que inaugurou a nova loja do Hipermercado Extra na quarta-feira, dia 4.

O comércio alimentício já existia no local, porém, na parte interior do centro comercial. Com as reformas que estão ocorrendo nos últimos meses e para atender melhor a população, houve a recolocação da unidade para a parte externa do empreendimento.

Entre as novidades da loja haverá uma nova seção voltada a aparelhos de telefone, isto é smartphones, lugar em que o consumidor encontrará em um balcão único com as principais marcas do mercado, atendimento exclusivo e a possibilidade de comprar o aparelho e definir a operadora de telefonia de sua preferência.

A loja também conta com um novo projeto de têxtil, com estilos definidos para aprimorar a experiência de compra do cliente que busca esses produtos.

De acordo com o diretor-executivo do Extra, Alberto Calvo, há grandes expectativas para a inauguração. “Estamos muito felizes de reinaugurar esta loja e poder disponibilizar aos moradores e turistas que visitam a Cidade uma unidade completa para todos os momentos de compra”, explica.

Para o presidente da Associação Comercial de Praia Grande (ACE-PG), Alaor Arthur Silva, o estabelecimento contribuirá na economia do Município. “A unidade aumentou a capacidade de atendimento e de produtos. Ele colabora com a economia pois houve a contratação de 20 a 30 funcionários. Além disso, ficar do lado de fora pode levar a um movimento maior, já que quem normalmente passa pelo lado de dentro vai só para olhar, sem compromisso. Já do lado externo há mais foco na hora da compra e muitos só vão para isso”, comenta.

O presidente acredita também que isso não atrapalhará outros comércios do segmento que existem lá, como o Assaí Atacadista. “Cada um tem seu público e toda vez que existe concorrência, há uma gama maior de qualidade nos produtos e bom serviço aos clientes.”

NOVAS LOJAS - Esse foi o término da primeira fase de expansão do Litoral Plaza Shopping. Com isso, no lugar onde era o hipermercado serão construídas novas lojas como o Madero, Le Biscuit, Top Brands, YouCom, Richauelo, Renner, entre outras, que ja estão confirmadas. Segundo a assessoria do Litoral Plaza, os novos estabelecimentos devem ser inaugurados até novembro.

Algumas lojas que já estão instaladas no local como CVC, Kopenhagen, Planet Girls e Polo Wear migrarão para essa nova área e ampliarão as opções de compras, lazer e entretenimento.

Ainda na futura área de expansão, o público poderá contar com banheiros, novo fraldário e escadas rolantes que darão acesso ao estacionamento no subsolo.

O Litoral Plaza Shopping fica na avenida Ayrton Senna da Silva, nº 1511. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3476-2000 ou pelo site www.litoralplaza.com.br.

OUTRO - Além das reformas no Litoral Plaza, na avenida Presidente Costa e Silva outro centro comercial está sendo construído, o Praia Grande Shopping. A previsão é de que seja inaugurado entre novembro e dezembro, com a construção dividida em três fases. Atualmente 45% dos espaços já estão locados, o que mostra que já há procura para os negócios.

Larissa França

 
Pesquisa aponta que cerca de 46% dos usuários do cheque especial utilizam o limite todos os meses

Um terço dos que recorrem aos limites do cheque especial não conseguem cobri-lo e atualmente estão com o nome sujo

Em tempos de crise, o brasileiro tem usado artifícios para conseguir pagar as dívidas. Assim como o cartão de crédito, um dos recursos mais utilizados é o cheque especial.

O que prova este índice é um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O estudo diz que quase a metade dos entrevistados de classes A e B (46%) possuem o hábito de entrar todos os meses no limite e 20% a cada dois ou três meses.

Foi concluído também que 17% da população recorreu ao cheque especial nos últimos 12 meses.

Outro ponto definido pela pesquisa é que 45% das pessoas reconhece não ter analisado as tarifas e os juros ao utilizar o recurso, seja por que não pensou nisso na hora ou porque precisava muito do dinheiro e acabou contratando independentemente dos custos.

Os principais motivos para usar a ferramenta são cobrir imprevistos com doenças e medicamentos (34%), quitar dívidas em atraso (23%) e realizar manutenção de automóveis ou motos (18%). Outros 17%, entraram no cheque especial por descontrole no pagamento das contas.

De acordo com a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o fato do serviço não exigir qualquer tipo de burocracia acarreta um alto índice de uso. “Sem perceber, muitos entram no limite por achar que o recurso faz parte do seu saldo bancário. E no fim das contas, acabam pagando juros altos”, ressaltou.

INADIMPLÊNCIA - A inadimplência dos que recorrem ao limite do cheque especial e não conseguem cobri-lo levou um terço dos entrevistados a ter seu nome sujo. Dentre esses, 15% já regularizaram a situação e 14% permanecem negativados.

Conforme Marcela, as mudanças nas regras do recurso, que entraram em vigor no domingo, dia 1º, prometem melhorar esse quadro, pois, as instituições financeiras passarão a entrar em contato com os clientes que usarem mais de 15% do limite da conta por 30 dias consecutivos. Pela nova regra, os bancos deverão oferecer como alternativa um financiamento pessoal mais barato, com a possibilidade de parcelar a dívida.

“A mudança ajudará a evitar o efeito bola de neve, principalmente para quem realmente enfrentou alguma emergência em um determinado mês. Entretanto, para aqueles que costumam fazer uso recorrente do cheque especial, é preciso ter em mente que estará trocando uma dívida por outra mais longa. Assim, o cuidado com o orçamento continua sendo essencial para manter o equilíbrio das contas e evitar a inadimplência”, finalizou a economista-chefe do SPC Brasil.

 
Prefeitura de PG adia prazo de atualização do cadastro habitacional até sexta

Os pré-inscritos passam por capacitação presencial para ensinar sobre a Ação e o tema escolhido desta edição

Leia mais...
 
Conselhos municipais de PG realizam e proporcionam melhorias à Cidade

Com o objetivo de promover a cidadania entre os moradores de Praia Grande e de integrar diferentes faixas etárias, os Conselhos Municipais têm proporcionado cada vez mais discussões para futuras melhorias à população.

A última ação realizada foi a capacitação realizada pela organizado pelo Conselho de Segurança Alimentar (Comsea). Ela foi aberta aos conselheiros de toda a região e falou sobre o controle social na alimentação escolar por meio de palestras.

O evento ocorreu na quinta-feira, dia 28, de forma inédita, e todos os participantes que ficaram até o final receberam certificados.

Já o Conselho de Assistência Social (CMAS) reuniu membros na quinta-feira, dia 21, para debater visitas, que foram realizadas às Ong’s da Cidade entre maio e junho. O encontro tratou da fiscalização das entidades cadastradas no CMAS.

Os processos dos cadastros são feitos anualmente às instituições que já são filiadas e o conselho fiscaliza se os trabalho planejados estão sendo cumpridos.

Outro encontro realizado foi o do Conselho do Meio Ambiente (Comdema), que apresentou novos membros na quarta-feira, dia 20. O encontro contou ainda com a revisão do Plano do setor.

O Conselho de Promoção da Igualdade Racial não foi diferente. O grupo conta com uma nova diretoria, que tomou posse de seus cargos na segunda-feira, dia 18. Com isso os participantes eleitos ficarão à frente até 2020. A partir de agora o presidente é Gladston Bispo, o vice é Leonildo Antônio Modesto e o secretário-executivo, Lica Costa.

Na área da educação, ainda no dia 18, os membros do Conselho da área (CME) realizaram reunião extraordinária para discutir sobre a Deliberação do Conselho Estadual de Educação (CEE) nº 120/2013, que consiste na reconsideração de notas de alunos da rede pública escolar. Durante o encontro, educadores sanaram dúvidas sobre o tema junto aos membros.

Havendo a ciência da reprovação, os pais poderão entrar com pedido de reconsideração na escola em até cinco dias úteis.

A unidade escolar receberá o pedido e terá um prazo de até dez dias úteis para autorizá-lo ou não. É preciso ficar atento porque se passar do tempo estipulado, a solicitação será automaticamente deferida, isto é, o aluno será promovido. Se os pais não aceitarem o parecer da escola, poderão recorrer à Diretoria de Ensino.

Todas as reuniões acontecem na Casa dos Conselhos, que fica rua Xavantes, n° 51. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias