Especial
Padre utiliza redes sociais para interagir com fiéis em Praia Grande

Padre Kleber Cardoso acredita que o projeto ajuda a melhorar a vidas das pessoas

Já foi o tempo em que o católico exercia devoção somente nas missas de domingo e tinha pouco contato com autoridades da igreja. Com a intenção de se aproximar ainda mais dos fiéis, o padre Kleber Luiz Cardoso, da Paróquia de Santo Antônio, usa as redes sociais para evangelização.ROT Padre nas Redes Sociais

Com aproximadamente 2.000 seguidores, em sua página o padre aborda diversos assuntos, entre eles alguns polêmicos como aborto, homossexualidade, prostituição, drogas e política. “Geralmente foco em temas que façam parte do cotidiano”, comenta.

O projeto deu início quando ainda estava no seminário e foi responsável por um programa de rádio. Já fez trabalhos pelo YouTube em Assunção, no Paraguai e depois em Bogotá, na Colômbia, com vídeos em português e espanhol.

O padre diz que as próprias redes sociais facilitaram essa interação, graças ao avanço de suas ferramentas. “O ideal é que as pessoas frequentem à igreja, participem da missa e escutem a palavra de Deus. Mas não são todos que tem a disponibilidade, pois trabalham e estudam. Então, se temos a possibilidade de melhorar esse convício, por quê não fazer? Existem tantas babaquices na internet, por quê não usar para fazer as pessoas pensarem?”, opina.

Além de dedicar a vida ao sacerdócio, padre Cardoso também é professor. Por conta disso não tem um público específico. “Tudo começou com as pessoas da paróquia, comunidade e universidades, então nem todos estão diretamente vinculados à igreja, é aberto à todos”.

Atualmente as postagens acontecem uma vez ao dia. Quando lançou o projeto fazia perguntas e esperava que as pessoas comentassem. Com o passar do tempo também passou a receber sugestões.

Segundo o padre, é preciso falar sobre qualquer tema. “O próprio Papa diz que precisamos evangelizar com novidades. Não no conteúdo, mas no método. Vivemos em um mundo interativo, todos querem dar opinião. Então ficar só sentado escutando pode ter funcionado no passado, mas hoje em dia já não é mais assim, pelo menos não para nossa realidade.”

O padre afirma que a Igreja Católica não tem nenhuma objeção. “A igreja trata dos temas. O diferencial é quando vemos um padre falando sobre, porque supostamente por ele ter uma formação filosófica, teológica, ser mais instruído, acaba sendo um formador de opinião. Acredito que as pessoas gostem porque ainda é uma autoridade.”

Para o religioso, muitos fiéis tradicionais não concordam com o método dele. “O que acontece é que hoje esse Catolicismo popular, devocional, é bem forte. Sempre recebemos mensagens de ‘bom dia, que Deus abençoe’ com imagens de Jesus, anjos ou santos. E quando se apresenta um Cristianismo mais comprometido com o social e toca em assuntos cotidianos, que as pessoas não tem coragem de tocar, surgem as resistências. Em devidas proporções, podem ser como haters, esses comentários agressivos. Não podemos deixar de fazer um trabalho bonito por culpa disso. Acredito que o que faço ajuda as pessoas a viverem melhor”, conclui.

HISTÓRIA – Cardoso é sacerdote desde 2010. Estudou Filosofia e Teologia, além de ter feito Informática. A Paróquia de Santo Antônio foi confiada a uma congregação religiosa, então apesar de fazer parte da Diocese, é administrada pela Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo, de origem italiana. Por ser internacional, permite que o padre esteja em vários locais do Mundo, como foi o caso de Cardoso, que visitou países latinos, diferente dos padres da Diocese que só podem ficar na região mencionada. Após ficar quase dez anos fora do País, recebeu autorização para vir à Praia Grande, local em que seus pais também residem. Interessados no trabalho do padre podem acompanhar a página Meu tempo para Deus, no Facebook.

18/10/18
Texto: Larissa França

Foto: Eduardo Oliveira

 
Segunda loja da Obramax no Brasil será inaugurada em Praia Grande

Em Praia Grande a loja da Obramax deve gerar cerca de 350 empregos diretos e mais de 700 indiretos; inauguração deverá ocorrer nos próximos meses

A construção da nova loja da rede Obramax, do grupo Adeo, está em sua fase final. Voltado ao setor de construção, o em-preendimento que está sendo construído em Praia Grande no bairro Sítio do Campo, será a segunda loja no País e deve gerar cerca de 350 empregos diretos e mais 700 indiretos. A inauguração ocorrerá nos próximos meses.

Os números da loja Obramax na Cidade impressionam. O empreendimento está localizado na avenida Ministro Marcos Freire, ao lado do Assaí Atacadista, em terreno de 35 mil metros quadrados. Deste total, 16 mil metros quadrados são de área construída. Outro dado relevante diz respeito aos produtos. Serão cerca de 30 mil itens que estarão disponíveis para aquisição no atacado e varejo, proposta diferenciada no Brasil.

O prefeito Alberto Mourão comemorou a vinda da segunda loja da Obramax no Brasil para o Município. “É mais uma forma de geração de emprego, o que trará qualidade de vida para as pessoas que terão acesso ao emprego aqui. Todo o trabalho planejado e executado nos últimos anos vem dando resultado”, observou.

Um dos coordenadores de implantação do empreendimento, Wilson Aloise, explicou que foram feitos diversos estudos e que todos apontaram Praia Grande como uma ótima opção para a construção da segunda loja do grupo no Brasil. Entre os dados demonstrados, destaque para o crescimento do Município em todos os sentidos, populacional e econômico, que vem se consolidando nas últimas duas décadas. “A Obramax tem muito prazer em entrar na Praia Grane como elemento de soma no sistema comercial da Cidade. Nós elegemos o Município porque é o que mais cresce no Litoral, tem um grande potencial e uma identidade com este tipo de produto. Tenho certeza que essa foi uma decisão acertada do grupo e que vai gerar muitos frutos”, disse.

Sobre o processo de seleção para as vagas, em nota, a Obramax informou que devido às contratações estão em estágio avançado e devido à quantidade de currículo que ainda há para analisar, será inviável divulgar quaisquer informações.

CONCURSOS – Nesta segunda, sete órgãos abriram inscrições para quase 16 mil vagas. Somente na Secretaria de Educação do Paraná são 15,5 mil e os salários podem chegar até R$ 1.523,83 para os cargos de nível fundamental, médio e superior. Já na Defensoria Pública do Maranhão os salários chegam a R$ 26.125,15 para oito vagas. É preciso ter nível superior.

Na Prefeitura de Guarani (MG) são 57 vagas nos cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários podem chegar até R$ 7.478,22. Já na Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul os salários podem chegar até R$ 20.463,50. São 50 vagas nos cargos de nível superior.

Em São Paulo, a Câmara Municipal de Tatuí possui sete vagas para os cargos de nível fundamental, médio e superior. Com salários de até R$ 3.180,48. Na Prefeitura da Capital são 168 vagas com salários de até R$ 7.032,90. É preciso ter nível superior. E no Tribunal de Justiça são 34 vagas para cargos de nível superior. Com salários de até R$ 8.723,57.

 
SPC Brasil e CNDL apontam que somente 31% dos brasileiros são consumidores conscientes

Pesquisa mostra que 55% dos brasileiros são do grupo de consumidores em transição

Poucos brasileiros vêm adotando atitudes sustentáveis de consumo no dia a dia. Foi o que constatou uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) realizada em todas as capitais do País. De acordo com o levantamento, a maioria dos brasileiros (55%) se encaixa no grupo de consumidores em transição, ou seja, com hábitos de consumo consciente ainda aquém do desejado. Os pouco ou nada conscientes somam 14% de entrevistados, ao passo que apenas 31% podem ser considerados consumidores conscientes.

O estudo indica que embora as pessoas enxerguem o consumo consciente como fator que pode fazer diferença na qualidade de vida, essa preocupação, nem sempre traduz em ações concretas. Prova desse contrassenso é que se por um lado os entrevistados demonstram não praticar com muita frequência atitudes sustentáveis, por outro quase a totalidade (98%) considera importante ou muito importante ter uma vida com hábitos de consumo mais consciente.

“Muita gente entende a importância de transformar boas intenções em bons hábitos, mas só toma alguma atitude quando a conta fica cara. E não basta ter um esforço de conscientização apenas em situações críticas. Essa prática deve ser contínua, além de estar claro que a escassez de recursos é uma realidade bem próxima”, ressalta a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawaut.

Sair comprando de forma inconsequente tem diversas implicações negativas. A mais percebida pelo consumidor é aquela que impacta sua vida de forma imediata. Por essa razão, o aspecto financeiro é o que mais influencia as práticas de consumo consciente entre as pessoas — ou seja, quando pesa no bolso. O levantamento aponta que dentre as várias práticas que já fazem parte da rotina dos brasileiros, destacam-se: sempre pesquisar preço, que resulta na compra dos itens mais baratos (92%); avaliar previamente o orçamento para saber se é possível levar ou não um determinado produto (91%); e optar por não adquirir algo novo quando o bem ainda pode ser usado ou até mesmo consertado (90%).

Esses dados fazem parte do Indicador de Consumo Consciente (ICC), que em 2018 atingiu 73%, mantendo-se estável em relação ao ano passado (72%). O ICC pode variar de 0% a 100%: quanto mais próximo de 100% for o índice, maior é o nível de consumo consciente. Para chegar no resultado são aplicadas perguntas relativas aos hábitos, atitudes e comportamentos da rotina das pessoas, considerando os aspectos financeiros, ambientais e sociais.

18/10/2018

Jornalista: Danielle Martins

Foto: Divulgação

 
PG alerta sobre o câncer de mama com atividades alusivas ao Outubro Rosa

Caminhada Rosa reúne mais de 100 pessoas e percorreu diversas ruas do bairro Sítio do Campo, nesta terça, dia 16

Leia mais...
 
Cemitério de PG terá melhorias para receber visitantes no feriado de Finados

Entre as modificações, o local receberá pintura geral das guias, gavetas, gramado dos canteiros será aparado, entre outros

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias