Nacionais
Viagem Literária leva grandes nomes da literatura brasileira para bibliotecas da Baixada Santista

O Programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo leva autores como Ignácio de Loyola Brandão e Joca Reiners Terron para cidades da região

Dando continuidade ao programa Viagem Literária, da Secretaria da Cultura de São Paulo, a região da baixada Santista receberá escritores para um bate-papo nas bibliotecas públicas locais. A ação é totalmente gratuita.

No dia 23 de setembro os autores Alonso Alvarez - editor, escritor, autor de teatro e ex-livreiro. Entre suas obras, destaque “O Encanto da Lua Nova” (2009) “As Horas Claras” (2012) e “O Elefante Entalado (2015)”– e Joca Reiners Terron – autor, editor e ganhador do Prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras por “Do Fundo do Poço se Vê a Lua (Companhia das Letras, 2010) – estarão na Biblioteca Prefeita Nilce Signorini em Ilhabela, respectivamente às 14h e 19h30. A dupla ainda passa pela biblioteca Porto do Saber em Praia Grande no dia 24/09.

Confira abaixo a programação completa:

Ilhabela

Dia 23/09/2015

Às 14h – Alonso Alvarez (Infanto-juvenil)

Às 19h30 – Joca Reiners Terron (adulto)

Local: BPM Prefeita Nilce Signorini

Endereço: Av. Princesa Isabel, 2.626 - Barra Velha - Ilhabela

Praia Grande

Dia 24/09/2015

Às 15h – Alonso Alvarez (Infanto-juvenil)

Às 19h – Joca Reiners Terron (adulto)

Local: BPM Porto do Saber

Endereço: Av. São Paulo, 900 – Boqueirão - Praia Grande

Um pouco sobre os autores:

Flávia Muniz nasceu em Franca, interior de São Paulo, e graduou-se em Pedagogia, com especialização em Orientação Educacional, pela PUC-SP. Escreve para crianças e jovens, e já produziu mais de 60 obras, com vendas superiores a 3 milhões de exemplares. Em 2015 completa 30 anos de atividade literária. É autora de Os Noturnos (2003)”, “Rita, não grita!”(2010), “O jogo do Pega-Pega (2012)”, “Fantasmagorias (2012)”, “Viajantes do Infinito” (1990), esse último Prêmio Melhor Livro Juvenil da APCA 1991 e de mais uma dezena de livros infantis. Recebeu também duas indicações ao Prêmio Jabuti. Algumas de suas obras receberam prêmios e indicações da crítica especializada e foram traduzidas para o espanhol.

Já o escritor e jornalista Ignácio de Loyola Brandão nasceu em Araraquara, interior de São Paulo. Trabalhou no jornal Ultima Hora, depois nas revistas Claudia, Realidade, Setenta, Planeta, Ciência e Vida, Lui e terminou a carreira na revista Vogue. Atualmente escreve uma crônica quinzenal para o jornal O Estado de S. Paulo. Publicou até o momento 42 livros, entre romances, como os best-sellers “Zero, Não Verás País Nenhum” (2007) e “O Anônimo Célebre” (2002), e contos, crônicas, viagens, infantis, infantojuvenis e uma peça teatral.  Em 2008, ganhou o Prêmio Jabuti Livro do Ano – Ficção, com “O Menino que Vendia Palavras” (2007). Em 2011, lançouA Morena da Estação”, crônicas sobre trens, ferrovias, estações. Acaba de publicar pela editora Moderna Literatura “Os Olhos Cegos dos Cavalos Loucos”, emocionante história que gira em torno de seu avô, com o qual carregou uma dívida a vida inteira.

Alonso Alvarez é editor, escritor, autor de teatro e ex-livreiro. Com a coleção ptyx, ganhou, em 1990, o Prêmio Classic de Artes Gráficas, e, em 1991, o Prêmio Jabuti de Melhor Produção Editorial.  Entre suas obras, destaque para os juvenis “O Encanto da Lua Nova” (2009), As Horas Claras (2012) e O Elefante Entalado (2015); e os infantis “A Paixão de A e Z - Uma História de Amor no Alfabeto” (2010); Era “Uma Vez Duas Linhas” (2012) finalista do Prêmio Jabuti 2013, “Estrelas Maduras e Dia Noite” (2013). No teatro, em 2012, estreou a peça “A Saga da Bruxa Morgana e a Família Real”, com Rosi Campos e grande elenco. Em 2014 foi selecionado pelo ProAC Editaispara escrever o juvenil “A 1002ª Manhã”.

Joca Reiners Terron fundou a editora Ciência do Acidente, onde foi editor e publicou seu primeiro livro, a coletânea de poemas “Eletroencefalodrama” (1998). Pela mesma editora, lançou o seu primeiro romance, “Não Há Nada Lá” (2001) e o seu segundo livro de poemas, “Animal Anônimo” (2002). Recebeu o Prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras(Melhor Romance) por “DoFundo do Poço se Vê a Lua” (Companhia das Letras, 2010). Seu mais recente romance é “A Tristeza Extraordinária do Leopardo-Das-Neves” (Companhia das Letras, 2013), obra finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2014.

Bibliotecas e Leitura

O Viagem Literária é um dos programas da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo voltado à valorização das bibliotecas públicas e estímulo à leitura. A secretaria mantém, por meio da coordenação do Sistema de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (Siseb), ações contínuas de atualização profissional e renovação de acervos, a exemplo de cursos de capacitação periódicos e do Seminário Internacional de Bibliotecas, que acontece em novembro.

A Secretaria também mantém, na Capital, as Bibliotecas de São Paulo e Biblioteca Parque Villa-Lobos, ambas modelo do conceito de “biblioteca viva” que busca propagar por meio do Siseb. Além dos museus relacionados à palavra escrita – Museu da Língua Portuguesa, Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida – realiza também o Prêmio São Paulo de Literatura, que anualmente reconhece e premia os melhores romances publicados em língua portuguesa em todo o País. Saiba mais: www.cultura.sp.gov.br.

Cidades participantes do Viagem Literária 2015

Araraquara, Anhumas, Apiaí, Araçariguama, Araçatuba, Arujá, Bady Bassitt, Bastos, Batatais, Boituva, Buritama,Barueri, Birigui, Cananéia, Catanduva, Cedral, Cruz das Posses, Diadema, Fartura, Fernandópolis, Ferraz de Vasconcelos, Franca, Francisco Morato, Garça, Guapiaçu, Guararema, Ilha Comprida, Itanhaém, Ilhabela, Itapuí, Itapeva, Itapetininga, Itatiba, Jundiaí, Lins Limeira, Leme, Lençóis Paulista, Lourdes, Macatuba, Mauá, Miguelópolis, Mirante do Paranapanema, Mirassol, Mococa, Monte Mor, Monte Aprazível, Monteiro Lobato, Neves Paulista, Ourinhos, Paraguaçu Paulista, Praia Grande, Pederneiras, Penápolis, Piedade, Presidente Venceslau, Promissão, Pompéia, Presidente Prudente, Rancharia, Ribeirão Corrente, Registro, Rubinéia, Santana de Parnaíba, Santa Barbara D’ Oeste, São Bento do Sapucaí, São João das Duas Pontes, São Roque, São José do Rio Preto, Sete Barras, Sorocaba, Socorro, Sumaré, Suzano, Taguaí, Tarumã, Três Fronteiras, Valinhos, Vargem Grande Paulista, Votuporanga.

 
<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias